Vida Urbana

Após 28 dias, açude de Boqueirão fecha parcialmente comportas para Acauã

Barragem em Itatuba recebeu 5,3 milhões de metros cúbicos de água e vai retomar abastecimento de 14 cidades.




Comportas foram fechadas pelo Dnocs, na tarde desta quinta-feira, 28 dias após a abertura

Vinte e oito dias após serem abertas, as comportas do açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, no Cariri da Paraíba, foram fechadas parcialmente nesta quinta-feira (19), às 16 horas, pelo Dnocs. Nesse período, o reservatório liberou, via rio Paraíba, mais de 5,3 milhões de metros cúbicos de água para a barragem Argemiro de Figueiredo (Acauã), em Itatuba, no Agreste, que abastece 14 municípios. A vazão ficará parcialmente com 800 litros por segundo por tempo indeterminado.

Com a recarga , Acauã aumentou o seu volume para 5,8% de sua capacidade total. No dia 22 de março, quando as comportas foram abertas, a barragem tinha pouco mais de 9,3 milhões m³ , ou seja, 3,7% da capacidade total. Já o açude de Boqueirão chegou nesta quinta a 130,2 milhões de m³ (31,6%).

O presidente da Agência de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), João Fernandes, disse que a Cagepa vai aos poucos regularizar o abastecimento de água nas cidades, da região de Acauã, que estavam em racionamento ou estavam na iminência do colapso.

Autorização

A abertura das comportas do açude de Boqueirão foi autorizada pela Agência Nacional das Águas (ANA), por meio de uma resolução publicada no Diário Oficial da União no dia 7 de março, determinando uma descarga de 4,8 m³ do Epitácio Pessoa. A autorização foi concedida após a Agência de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) ter enviado um pedido à Agência Nacional das Águas (ANA), no dia 27 de fevereiro, para liberar a abertura das comportas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.