Vida Urbana

Antigos hospitais da Capital serão utilizados no combate ao novo coronavírus

HTOP e 13 de Maio serão reabertos pela Prefeitura de João Pessoa.




O antigo HTOP, no bairro Tambiá, será reaberto para ajudar no tratamento contra o novo coronavírus. Foto: Kleide Teixeira/Arquivo

A cidade de João Pessoa terá dois novos hospitais de retaguarda no combate ao novo coronavírus. Neste domingo (22), o prefeito Luciano Cartaxo visitou as instalações do prédio onde funcionava o Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (HTOP), em Tambiá, e o Hospital 13 de Maio, no Jardim 13 de Maio. A requisição administrativa das unidades hospitalares foi feita por meio decreto e irá vigorar durante o período de emergência e de prevenção à Covid-19.

Segundo Luciano, os hospitais serão reestruturados pela Prefeitura de João Pessoa, tornando-se aptos para receber pacientes em casos de necessidade. “Ao mesmo tempo em que anunciamos um conjunto de medidas restritivas, seguimos reforçando a rede de saúde da Capital. Estamos adotando todas as alternativas necessárias para garantir o atendimento à população, reequipando e modernizando hospitais que antes estavam fechados”, disse o gestor.

Os proprietários dos hospitais concordaram em ceder as unidades sem custos, enquanto durar a situação de emergência. Vitório Petrúcio, do HTOP, e Valmira Queiroga, do Hospital 13 de Maio, acataram o pedido da Prefeitura de João Pessoa.

Como desdobramento do Núcleo Intersetorial, a rede de saúde contra a Covid-19 será detalhada nesta segunda-feira (23), às 11h, durante uma transmissão ao vivo em vídeo, feito pela Prefeitura de João Pessoa.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.