Vida Urbana

Índice de isolamento em João Pessoa supera 50% no domingo

O Bairro das Indústrias teve a pior média, com apenas 37%.




A cidade de João Pessoa chegou a 52,4% de isolamento social neste domingo (31), dia em que tradicionalmente se obtém os melhores índices. Mesmo assim, a marca está distante dos 70% recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para combater a Covid-19. De acordo com a prefeitura, entre os bairros os piores dados foram aferidos no Bairro das Indústrias. Já em Cabo Branco foi verificada a maior adesão.

O fim de semana começou com um índice de 44,4% no sábado. A Paraíba registrou 43,5% e o Brasil 42,6%. No domingo a capital paraibana chegou a 52,4%, enquanto o Estado apontou 50,3% e o país 49,8%. Os dados são divulgados pela Secretaria Municipal do Planejamento (Seplan).

Neste domingo (31), o bairro com menor isolamento foi o Bairro das Indústrias (37%), seguido por Distrito Industrial (37,5%) e Valentina (42,8%). Os melhores resultados foram identificados em Cabo Branco (64,5%), Tambiá (64%) e Bessa (64%).

Isolamento mais rígido

Nesta segunda-feira (1°),  começou o trabalho educativo e de conscientização da população sobre as medidas mais rígidas para circulação de pessoas e veículos para contar o avanço do novo coronavírus na Região Metropolitana de João Pessoa. As regras são válidas até o dia 14 de junho para as cidades de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Conde, Caaporã, Alhandra e Pitimbu.

Na capital, até a quarta-feira (3), serão realizados bloqueios em 12 pontos para orientar a população sobre o cumprimento do decreto estadual, assinado pelo prefeitos dos oitos municípios da região, que concentra mais de 70% dos casos positivados para Covid-19 na Paraíba. O trabalho terá início as 7h, em 12 pontos instalados em várias regiões da cidade e inclui a distribuição de máscaras de proteção.

Essa primeira fase é de orientação. Só a partir do próxima quinta-feira (4), poderão ser aplicadas sanções em caso de descumprimento. O documento prevê a restrição da circulação de pessoas que não atuam em serviços essenciais e aumenta a fiscalização em estabelecimentos comerciais em João Pessoa e cidades da Região Metropolitana (Santa Rita, Cabedelo, Caaporã, Conde, Bayeux, Alhandra e Pitimbu).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.