Vida Urbana

Água da transposição volta a ser bombeada e população de Monteiro comemora

Aesa prevê que águas devem chegar ao açude de Boqueirão, por meio do Rio Paraíba, em 20 dias.




Moradores de Monteiro tomam banho na saída da água do canal para o Rio Paraíba

O Ministério da Integração Nacional liberou o bombeamento de águas da transposição do rio São Francisco para a Paraíba nos canais do Eixo Leste. As bombas estavam desligadas desde o dia 19 deste mês por causa de vazamentos, mas o problema já foi sanado. A previsão da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa-PB) é que as águas cheguem em 20 dias ao açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão.

O bombeamento das águas da transposição pelo Eixo Leste estava suspenso desde abril deste ano. A suspensão nos últimos seis meses serviu para a conclusão de obras complementares da transposição, basicamente nas barragens de Poções, em Monteiro, e Camalaú, no município de mesmo nome. No último dia 14, o bombeamento foi liberado e suspenso oito dias depois.

Neste sábado (22), moradores de Monteiro comemoraram a chegada das águas e muitos deles tomaram banho na saída do canal da Transposição. O açude de Poções, que abastece Monteiro, tem capacidade para armazenar 29,8 milhões de metros cúbicos de água, mas está com apenas 378.953 m³, o que corresponde a 1,7%. Com o aumento do volume no reservatório, o abastecimento de água na cidade será normalizado em outubro.

Já o açude de Camalaú tem capacidade para armazenar 48,1 milhões de metros cúbicos de água, mas está com apenas 4.535.370 m³, o que equivale a 9,3% da capacidade. Por sua vez, o reservatório em Boqueirão está 117,4 milhões de metros cúbicos , 28,5% de sua capacidade total.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.