Vida Urbana

Agente é preso após quebrar casa e agredir policiais

O acusado deve ficar na carceragem da Central de Polícia  e depois deverá ser encaminhado para a Presídio Padrão.




Na madrugada desta terça-feira (22), um agente penitenciário foi preso em flagrante, após ter desacatado policiais na Central de Polícia, no bairro do Catolé em Campina Grande. Bruno Queiroz de Sousa foi detido acusado por agressão contra uma ex-namorada e ao chegar na delegacia começou a agredir as autoridades verbalmente.

De acordo com o delegado Kelsen Vasconcelos, o fato aconteceu por volta e 1h30. A ex-namorada do acusado, uma médica de 42 anos, ligou para a Polícia Militar informando que o agente tinha invadido sua casa, no bairro da Prata, e estava quebrando os objetivos. A polícia chegou no local e levou o agente para a Central de Polícia.

Segundo a Polícia Civil, o delegado plantonista Everaldo Alves estava fazendo um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO), mas durante o processo o acusado começou a agredir os policiais e o delegado com palavras de baixo calão. O agente penitenciário deve ficar na carceragem da Central de Polícia até esta quarta-feira (23). Depois ele deverá ser encaminhado para a Presídio Padrão, em Campina Grande. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.