Vida Urbana

Adolescente é atropelado em lixão ao se desequilibrar de caminhão

Rapaz de 13 anos caiu enquanto descarregava resíduos no lixão do bairro do Mutirão. Ele ainda pediu para motorista parar o caminhão, mas não foi atendido.




Karoline Zilah

As condições de trabalho precárias nos lixões resultam em riscos à saúde dos catadores e até de acidentes. Foi o que aconteceu no fim da terça-feira (23) em Campina Grande, quando um adolescente foi atropelado por um caminhão ao se desequilibrar do veículo enquanto descarregava resíduos no lixão do bairro do Mutirão, na Alça Sudoeste da cidade.

De acordo com parentes da vítima, apesar de ser menor de idade, o rapaz ajudava 10 pessoas da família com a renda mensal de R$ 600, fruto de suas atividades no lixão. A mãe e o irmão dele de 10 anos também trabalhavam no local.

Segundo a Unidade de Medicina Legal (UML), Diego da Silva Marinho, de 14 anos, teria caído da caçamba do caminhão. O desequilíbrio teria sido causado por um ‘solavanco’ dado pelo motorista no veículo, que apresentava sintomas de embriaguez.

No chão, o rapaz teria gritado para que o motorista parasse o caminhão, mas ele não escutou e fez uma manobra, atingindo-o com um pneu. Após constatar o acidente, ele fugiu sem prestar socorro.

O caso foi registrado pela 4ª Delegacia Distrital das Malvinas. Trabalhadores do lixão informaram à Polícia Civil que acidentes com crianças e adolescentes na área já se tornaram frequentes.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.