Vida Urbana

Adolescente denuncia à polícia abuso sexual na praia do Jacarapé

Garoto revelou à polícia que foi levado até a praia de Jacarapé, onde teria sido abusado.




Um adolescente de 16 anos foi vítima de abuso sexual no final da tarde da última quarta-feira, em João Pessoa. De acordo com a polícia, o menino saiu de casa, no bairro de Mangabeira, para se apresentar em uma banda marcial, porém foi abordado por cinco homens encapuzados, que o obrigaram a entrar em um carro.

O garoto revelou à polícia que foi levado até a praia de Jacarapé, onde teria sido abusado. Aproveitando o momento de descuido de um dos suspeitos, o garoto conseguiu correr e fugir até a praia do Sol, onde pediu ajuda a uma comerciante.

“Ele veio do maceió chorando muito. Disse que tinha sido estuprado por cinco homens. Ele estava muito nervoso, eu dei garapa, chá de camomila. Ele dizia que estava morrendo de vergonha. Eu expliquei que ele não tinha que ter vergonha e sim as pessoas que fizeram isso com ele”, disse Irene Fernandes, que prestou socorro à vítima.

A Polícia Militar foi acionada e conduziu o menino até a 9ª Delegacia Distrital, porém o garoto foi orientado a prestar queixa na Delegacia da Infância e da Juventude. “As informações que temos são muito vagas. Ele não disse com clareza quem foram os agressores, seriam pessoas encapuzadas, em um carro não identificado que tomaram destino ignorado”, afirmou o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Lívio Sérgio.

O militar ainda destacou a importância de vítimas de violência sexual denunciarem o caso à polícia. “Isso é importante até para evitar que a impunidade aconteça”, concluiu o comandante.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.