Vida Urbana

Açude ‘sangra’ após forte enchente no Rio Taperoá

Açude registrou 100% da capacidade total. 



Toinho Patativa
Toinho Patativa
Segundo a Aesa, reservatório chegou a 100% da capacidade total

O açude Manoel Marcionilo, localizado na cidade de Taperoá, no Cariri do Estado, sangrou na manhã deste sábado (29) após uma forte enchente no Rio Taperoá. De acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), o açude registrou 100% da capacidade total, o que corresponde a 15,1 milhões de metros cúbicos de água.

O reservatório já havia registrado um aumento considerável no volume de água, quando fortes chuvas na região provocaram enchente no rio Taperoá, no dia 13 deste mês. Na época, o reservatório passou de 19,2% para 88,4%, conforme a Aesa.

Antes disso, o manancial havia saído de situação crítica no mês de março, quando aumentou 10 vezes o volume total. No período, o açude passou de 3,2% para 37,5% da capacidade total, tendo recebido mais de 5 milhões de metros cúbicos de água

Ainda de acordo com a Aesa, a água que está saindo do açude agora segue para um reservatório localizado na cidade de Santo André e depois para a cidade de Cabaceiras, se encontrando com o Rio Paraíba. Após desaguar no Rio Paraíba, água segue para o Açude Epitácio Pessoa, no município de Boqueirão.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.