Vida Urbana

Acidentes deixam três pessoas mortas e quatro feridas em menos de 24 horas

Batidas e atropelamento ocorram em João Pessoa, Santa Rita e Campina Grande.




Motociclista morre ao bater em poste, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo)

Em menos de 24 horas, seis acidentes envolvendo motocicletas, carro e bicicleta deixaram três pessoas mortas e quatro feridas, entre a noite de sábado e tarde de domingo (12), em Campina Grande, João Pessoa e Santa Rita. No bairro de Jaguaribe, na capital do Estado, o veículo conduzido por Wilames Felipe Gomes, 39, bateu em um poste. Ele morreu no local, na tarde deste domingo. Alguns parentes foram até o local e identificaram a vítima.

Bancários

Na comunidade Timbó, no bairro dos Bancários, uma mulher faleceu e outra ficou ferida depois de colidir uma moto em um muro. A ferida está internada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, sem divulgação do estado de saúde.

Ao ser acionado para atender a ocorrência, um socorrista do Samu, que estava em uma motolância, bateu em um carro quando se dirigia ao local do acidente nos Bancários. Conforme o Samu, o socorrista teve uma das pernas fraturada e foi levado por uma ambulância do Samu para o Trauma.

Grotão

Também em João Pessoa, um acidente envolvendo uma moto e um ônibus aconteceu na noite de sábado (11), no bairro do Grotão, e deixou uma pessoa ferida. De acordo com o motorista do ônibus, ele trafegava sentido bairro e um motoqueiro, que vinha no sentido contrário, estava empinando a moto, quando perdeu o controle e bateu no ônibus.

Santa Rita

Ainda no litoral paraibano, um ciclista morreu, na manhã deste domingo (12), depois de ser atingido por um caminhão guincho, na entrada do bairro de Tibiri, em Santa Rita. O ciclista era catador de material reciclável.

Campina Grande

Na noite do sábado, uma criança, de nove anos, foi atropelada por uma moto quando atravessava a rua senador João Cavalcante de Arruda, no bairro Presidente Médici. A menina foi levada para o Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, onde se submeteu a cirurgia. O estado de saúde dela é grave. O motorista não prestou socorro a vítima.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.