Vida Urbana

35% das paraibanas querem ganhar smartphone no Dia das Mães

Pesquisa da Fecomércio aponta que 64% dos paraibanos comprarão presentes para data.




O comércio tem expectativa de que 64,03% dos paraibanos vá as compras para presentear no Dia das Mães. Os dados são do Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba. O resultado é 4,86 pontos percentuais maior que em 2016, quando a intenção de compras atingiu 59,17%. Vestuário e eletro-eletrônicos estão no topo da lista de desejo das mães paraibanas, com destaque para smartphones e celulares, que são citadas por 35,71% das mães da Paraíba.

Para o presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros, alguns fatores contribuíram com este significativo aumento, como a queda da inflação, aumento da confiança do consumidor e a liberação dos saques das contas inativas do FGTS. "Porém, para que esta intenção de compras se concretize, é importante que os empresários adotem medidas para atrair os consumidores, como promoções, melhores prazos de pagamento e diversificação de produtos", afirmou Medeiros.

O levantamento observou que, em 2016, 59,17% dos entrevistados afirmaram a intenção de presentear. Já neste ano, se a compra for efetivamente realizada, 66,6% responderam positivamente.

Presentes mais citados
Mais uma vez o vestuário liderou o ranking dos presentes mais citados pelos entrevistados, com 25,31% das intenções. Em seguida aparecem perfumes (17,59%), eletrodomésticos e eletroeletrônicos (15,74%) e calçados (4,94%). Entre os eletrodomésticos e eletroeletrônicos, os smartphones e celulares são os mais desejados, com 25,49% de preferência, seguido por micro-ondas (11,76%), fogão (9,8%) e liquidificador (7,84%).

A pesquisa revelou ainda que a maioria das mães gostaria de ganhar itens de vestuário (26,79%), seguido por eletrodomésticos e eletroeletrônicos (16,67%), com destaque para smartphones e celulares (35,71%), televisores (25%), refrigeradores (14,29%), calçados (13,10%) e perfumes (9,52%).

Pretensão de gastos
O gasto médio dos consumidores neste dia das mães deve ficar em torno de R$ 208,24, o que representa uma leve alta de 0,62% na comparação com o ano passado. A maior parte dos entrevistados (33,64%) estima um gasto entre R$ 51 e R$ 100, seguidos pelos que pretendem gastar entre R$ 101 a R$ 200 (29,01%) e os que pretendem gastar, no máximo, R$ 50 (15,43%). Segundo estes dados, os consumidores que gastarão até R$ 200 representa um total de 78,08%. Em relação aos presentes mais caros (acima de R$ 550), o percentual foi de 8,33%.

Os shoppings mais uma vez ficaram movimentados na data, já que a maioria dos entrevistados (48,15%) pretende realizar as compras nestes locais, tendo em vista a diversidade de produtos, o conforto e a segurança. Porém, 41,05% pretende realizar as compras nas lojas do centro, enquanto 10,8%, em lojas de bairro e 7,72% prefere realizar as compras dos presentes pela internet.

Segundo a Fecomércio, a pesquisa foi realizada entre os dias 17 e 24 de abril, com consumidores que residem na Região Metropolitana de João Pessoa. Foram aplicados 506 questionários, em pontos onde ocorrem as maiores concentrações de vendas.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.