Sem categoria

TSE afirma que 152 urnas foram substituídas

São Paulo é o estado com mais urnas substituídas, com 34. Primeiro balanço do TSE aponta que não há votação manual.




Do G1

O primeiro balanço do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o segundo turno das eleições, neste domingo (26), aponta que 152 urnas eletrônicas foram substituídas até às 10h20, o equivalente a 0,19%. De acordo com Giuseppe Dutra Janino, secretário de Tecnologia de Informação do TSE, em nenhum local há votação manual até agora.

O estado de São Paulo é o que mais teve de substituir urnas, com 34. No Rio de Janeiro, 30 urnas foram trocadas. Em Santa Catarina foram realizadas 24 substituições, enquanto, no Maranhão, o número de trocas é de 20.

O diretor-geral do TSE, Miguel Campos, afirma que este número de trocas está dentro da normalidade e abaixo do registrado em pleitos anteriores. "As substituições estão em percentual muito menor do que o primeiro turno e bem abaixo das eleições anteriores".

No primeiro turno foram substituídas 2.540 urnas eletrônicas, o equivalente a 0,56% do total. Como exemplo da maior tranqüilidade neste segundo turno, Campos cita que no Pará e em Goiás não foram registradas trocas. Os dois estados apresentaram muitos problemas no dia 5 de outubro.

Campos conversou com presidentes de TREs e afirmou que as eleições transcorrem em clima de normalidade. De acordo com ele, foram realizadas duas prisões nesta madrugada por compra de votos em Benedito Leite, cidade do Maranhão que repete o primeiro turno devido a problemas em 5 de outubro. Ele não tem informações ainda sobre as prisões pela manhã. Um balanço com as prisões em todo o país deve ser divulgado no início da tarde pelo TSE.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.