Sem categoria

PM registra 17 ocorrências eleitorais em apenas 4h

Os crimes de compra e venda de votos, difamação eleitoral e ‘boca de urna’ foram registrados nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Bayeux, Cajazeiras, Patos e Prata.




Somente nas primeiras quatro horas do primeiro turno das Eleições 2014, a Polícia Militar da Paraíba já registrou 17 ocorrências eleitorais, uma média de 4,2 por hora. Os crimes de compra e venda de votos, difamação eleitoral e ‘boca de urna’ foram registrados nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Bayeux, Cajazeiras, Patos e Prata.

Segundo a assessoria de comunicação da PM, em João Pessoa, foram registrados dois crimes de aliciamento de eleitores e quatro de compras ou venda de votos. Em Bayeux e Cabedelo, na Região Metropolitana da capital, houve duas ocorrências por desordem prejudicial à eleição e uma por fornecer cédula (‘santinho’) antes da eleição, além de uma por compra ou venda de votos.

Já em Campina Grande foi registrado os crimes de difamação eleitoral, falsificação ou alteração de documento particular com fim eleitoral e compra ou venda de voto, sendo um registro para cada tipo de ilícito. Nos municípios de Prata, Patos e Cajazeiras, no Sertão, distribuição de ‘santinho’ antes da votação e compra e venda de votos.

As ações fazem parte da ‘Operação Voto Seguro’, iniciada na última quarta (01), quando parte do efetivo de policiais foi encaminhada para as cidades do interior, e que está sendo monitorada pelos três Centros de Comando e Controle, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos. A operação será encerrada amanhã.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.