Sem categoria

Correção: Ministério Público da Paraíba sofre intervenção do Conselho Nacional

Apenas os processos que tratam da investigação do caso em que o promotor paraibano Carlos Guilherme Santos Machado é acusado de agressão é que podem sofrer esta intervenção.




Da Redação

Em primeira notícia, o Paraíba1 publicou que o Ministério Público da Paraíba teria todos os seus processos administrativos redistribuídos para membros do Conselho Nacional do Ministério Público. No entanto, apenas os processos que tratam da investigação do caso em que o promotor paraibano Carlos Guilherme Santos Machado é acusado de agressão é que podem sofrer esta intervenção. Além disso, o título foi alterado para retirar o termo "intervenção".

Leia a matéria já corrigida clicando aqui

O conselheiro relator deste pedido de avocação, Cláudio Barros Silva, questiona o fato de que muitos resultados já estão inviabilizados por conta da prescrição de eventual sanção disciplinar.

Ele determina ainda que o procurador-geral de Justiça na Paraíba promova o andamento e encerre as investigações e decida se vai instaurar ou não procedimento de investigação criminal contra os agentes do Ministério Público que teriam agido com excesso durante a apuração do suposto crime de Guilherme Santos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.