Política

Veneziano não assimila a derrota

Prefeito eleito Romero Rodrigues rebateu declarações de Veneziano e disse que o comportamento do peemedebista demostra desequilíbrio.




De Brasília, onde participa das sessões da Câmara Federal e audiências em ministérios, o deputado federal e prefeito eleito Romero Rodrigues (PSDB) classificou como desrespeitoso o desafio do prefeito Veneziano Vital do Rêgo. Para o tucano, as declarações do peemedebista demonstram desequilíbrio de quem não assimilou a derrota de sua candidata, Tatiana Medeiros (PMDB), por mais de 40 mil votos, no segundo turno das eleições.

“Estas declarações são desrespeitosas e demonstram desequilíbrio de quem não assimilou a vontade soberana do povo de Campina Grande, que de forma democrática rejeitou nas urnas o modelo administrativo instalado há oito anos na cidade”, disse Romero.

O tucano acrescentou que o foco de sua administração não será realizar obras e ações para compará-las com a gestão de Veneziano, mas para melhorar a vida dos campinenses, nas áreas de infraestrutura, limpeza urbana, saúde, educação, esporte, lazer, assistência social e habitação, entre outras, trabalhando com ética e transparência.

O vice-prefeito eleito Ronaldo Cunha Lima Filho também rebateu as declarações de Veneziano, consideradas oportunistas e precipitadas em plena inauguração da reforma de uma escola municipal. “Não vamos realizar 1% da gestão dele (Veneziano), pois o que ele fez não se faz, a exemplo do caos no trânsito, o lixo e os buracos nas urnas, obras inacabadas, denúncias contra assessores, salários atrasados dos servidores efetivos, prestadores de serviços, agentes de trânsito e aposentados e pensionistas do Ipsem”, afirmou Ronaldo Filho.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.