Política

Veneziano e Daniella: da Câmara de Campina Grande para o Senado Federal

De famílias políticas tradicionais, eles vão representar a PB pelos próximos oito anos.




Veneziano e Daniella foram vereadores em Campina Grande e nesta sexta, à tarde, vão ser empossados senadores

De tradicionais famílias políticas da Paraíba, eles iniciaram a trajetória parlamentar na Câmara de Vereadores de Campina Grande e, nesta sexta-feira (1º), à tarde, tomam posse como senadores da República. Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e Daniella Ribeiro (PP) vão representar o Estado nos próximos oito anos na Câmara Alta. Já o senador José Maranhão (MDB) ainda tem quatro anos de mandato.

Veneziano adianta que o PSB vai compor um bloco de oposição no Senado, juntamente com 13 senadores, do PDT, Rede e PPS. “O nosso bloco se chamará Senado Independente, mas não faremos uma oposição histérica, mas sim uma oposição propositiva, questionadora, e construtivista”, avisa o socialista.

Primeira mulher eleita para Senado no Estado, Daniella Ribeiro adianta que vai ser a senadora de todos os paraibanos. “O momento é de trabalhar, não basta ser a primeira mulher como senadora tem que também fazer a diferença. Existe uma expectativa muito grande em relação a isso”, assinalou.

Perfil de Daniella

Trajetória política: Em 2004, foi candidata a vice-prefeita de Campina Grande na chapa liderada por Rômulo Gouveia, mas não obteve êxito nas urnas. Em 2012, disputou a prefeitura e não venceu. Em 2008, elegeu-se vereadora em sua cidade natal e acaba de cumprir seu segundo mandato de deputada estadual. Sua família é tradicional na política: seu avô Aguinaldo Veloso Borges foi político, representante da Zona da Mata paraibana. Seu pai, Enivaldo Ribeiro, foi prefeito e deputado federal, sua mãe, Virgínia Velloso Borges, foi prefeita de Pilar (PB) e superintendente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Seu irmão, Aguinaldo Ribeiro, foi reeleito deputado federal nas eleições de outubro passado.

Eleição/atuação: Foi eleita com 24,25% dos votos válidos dos paraibanos em 2018. Será a primeira mulher a representar a Paraíba no Senado. Presidiu a Comissão de Direitos de Defesa da Mulher da Assembleia Legislativa da Paraíba, onde criou o Fórum Todas por Uma e, em parceria com a Fundação Milton Campos, o projeto educacional Mais Ação.

Suplentes: Diego Tavares (PV) e Nailde Panta (PP)

Perfil de Veneziano

Veneziano Vital do Rêgo Segundo Neto nasceu em 17 de julho de 1970, em Campina Grande (PB). Neto do saudoso governador Pedro Gondim, Veneziano é filho da ex-deputada federal Nilda Gondim (suplente de José Maranhão) e do ex-deputado federal Antônio Vital do Rêgo (já falecido), e irmão do ex-senador e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo Filho. Veneziano é advogado.

Trajetória política: Em 1996 e 2000, foi eleito vereador em Campina Grande. Em 2012, concorreu a deputado federal, mas não foi eleito. Em seguida, em 2004, elegeu-se prefeito da cidade, sendo reeleito em 2008. Em 2014, tornou-se deputado federal, o segundo mais votado em seu estado. Em 2016, concorreu a prefeito, mas não obteve êxito. Em abril de 2018, filiou-se ao PSB.

Eleição/atuação:  Para senador, Veneziano Vital do Rêgo recebeu 24,63% dos votos válidos na eleição de outubro passado. Na Câmara dos Deputados, foi relator (e autor do substitutivo) do projeto que concede pensão vitalícia para as pessoas com microcefalia ou com a síndrome Guillain-Barré causadas pelo vírus da zika.

Suplentes: Ney Suassuna (PRB) e Suely Santiago (PTB).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.