Política

Três dias após cirurgia, Temer recebe alta de hospital em São Paulo

Por orientação médica, o presidente deve repousar em casa até quarta-feira (1º)




O presidente Michel Temer teve alta no início da tarde desta segunda-feira (30) após ser submetido a uma cirurgia urológica para desobstrução da uretra e retirada de sonda vesical, na sexta-feira (27). Ele saiu do Hospital Sírio-Libanês e seguiu para sua residência que fica no bairro Alto de Pinheiros, zona oeste da capital paulista. Por orientação médica, o presidente deve repousar em casa até quarta-feira (1º).

A cirurgia foi coordenada pelos médicos Kalil Filho, Miguel Srougi e Felipe A. Barroso Braga. A intervenção foi considerada bem-sucedida.

Temer foi internado no Sírio-Libanês na sexta-feira com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata. O problema foi descoberto na quarta-feira (25), quando o presidente foi internado no Hospital do Exército após se sentir mal.

Ainda em Brasília, o presidente foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina. O presidente passou a tarde de quarta-feira no hospital e deixou o local no início da noite.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.