Política

TRE cassa vereador de Caldas Brandão por infidelidade partidária

TRE-PB cassou nesta segunda-feira o vereador Daniel Gonçalves de Vasconcelos, de Caldas Brandão.




Da Redação
Com informação da Assessoria do TRE-PB

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) cassou nesta segunda-feira (17) o vereador Daniel Gonçalves de Vasconcelos, de Caldas Brandão, por desfiliação partidária sem justa causa (infidelidade partidária).

Daniel Gonçalves desfiliou-se do PMDB e, alegando grave discriminação pessoal e ameaça de não obter legenda no pleito, migrou para o Partido Popular Socialista (PPS).

A Corte não atendeu as alegações do vereador como justa causa para a desfiliação e decidiu que a Câmara Municipal de Caldas Brandão deve empossar em até dez dias o primeiro suplente do PMDB.

Com essa decisão, aumenta para 58 o número de vereadores que perderam seus mandatos por infidelidade partidária.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.