Política

Temer sanciona lei que destina R$ 62 milhões a prefeituras da Paraíba

João Pessoa e Campina Grande vão receber as maiores fatias do bolo.




Lei foi sancionada por Michel Temer em solenidade com ministros e prefeitos

Durante solenidade nesta segunda-feira (12), em Brasília, o presidente Michel Temer sancionou a lei, que instituiu o Apoio Financeiro aos Municípios (AFM) 2018. Até o dia 25 deste mês, vão ser liberados R$ 2 bilhões para as 223 prefeituras do país, sendo R$ 62,8 milhões para as cidades paraibanas. Os recursos vão ser investidos em ações para Saúde, Educação e Assistência Social.

As maiores fatias serão destinadas a João Pessoa (R$ 6,8 milhões), Campina Grande (R$ 1,8 milhão), Santa Rita (R$ 1 milhão), Patos (R$ 914 mil), Sousa (R$ 685 mil), Cabedelo (R$ 685 mil) e Cajazeiras (R$ 685 mil).

Em relação aos 135 municípios menos populosos da Paraíba, cada prefeitura perceberá R$ 171 mil. Entre eles, estão Água Branca, Alcantil, Aparecida, Areial, Boa Vista, Cabaceiras, Cajazeirinhas, Caldas Brandão, Cubati, Junco do Seridó, Marcação, Mataraca, Marizópolis, Nova Palmeira, Riachão, São Mamede, Serraria, Sobrado e Zabelê. Veja os  recursos destinados aos municípios.

Concorrida

Falou em nome dos prefeitos o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski. Participaram da cerimônia o presidente Michel temer; o presidente do Senado Federal, Eunício de Oliveira; o Ministro-Chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha; o ministro da Justiça, Torquato Jardim; o ministro da Saúde, Ricardo Barros; o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho; o ministro interino do Planejamento, Esteves Colnago Junior; o ministro do Turismo, Marx Beltrão; o ministro das Cidades, Alexandre Baldy; o ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário; o ministro do Direitos Humanos, Gustavo Rocha; e a ministra da Advocacia Geral da União (AGU), Grace Mendonça.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.