Política

Sizenando Leal pretende duplicar frota de ônibus

Em entrevista concedida ao programa Polêmica Paraíba, candidato a prefeito de CG Sizenando Leal (PSOL) falou sobre a questão da mobilidade urbana. 




A mobilidade urbana foi um dos principais temas discutidos pelo candidato a prefeito de Campina Grande Sizenando Leal (PSOL), em entrevista concedida ontem ao programa Polêmica Paraíba, da rádio Paraíba 101 FM. O socialista defendeu a necessidade de duplicar a frota de ônibus na cidade, a construção de 40 abrigos para mototaxistas e protestou contra a demissão de cobradores nas empresas de ônibus.

Sizenando afirmou que é preciso fiscalizar os horários dos coletivos para estimular o uso do sistema público. “Precisamos no mínimo duplicar o número de ônibus e fazer com que as pessoas tenham prazer de andar de ônibus. Se passa até uma hora e meia esperando no ponto”, afirmou. Ele defendeu ainda que é preciso ampliar o acesso aos bairros: “É preciso desviar um pouco o trânsito do centro da cidade”.

Para Sizenando, o serviço de mototaxista deve receber apoio do poder público. “O mototaxista é um auxiliar do transporte público, surgiu da ineficiência do sistema”, afirmou. O candidato do PSOL não poupou críticas aos governantes nas três esferas de poder, criticando a presidente Dilma Rousseff, o governador Ricardo Coutinho e o prefeito de Campina, Veneziano Vital. “Não estou interessado em fazer média com ninguém. Não posso ser omisso”, disse. O socialista defendeu ainda a coleta seletiva de lixo e ampliação da rede pública de saúde.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.