Política

Senado derruba o afastamento de Aécio Neves por 44 votos a 26

Com resultado da votação, Senador mineiro poderá retomar as atividades




O Senado derrubou nesta terça-feira (17) a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que havia determinado o afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato. A votação foi de por 44 votos a 26 e, com isso, o senador poderá retomar as atividades. Não foram registradas abstenções.

Aécio foi denunciado pela Procuradoria Geral da República (PGR) pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa, a partir de delações de executivos da JBS. Conforme a denúncia, o tucano teria recebido R$ 2 milhões da empresa como propina, além de se unir ao presidente Michel Temer para impedir o andamento da Lava Jato. 

A votação ocorreu após a maioria dos ministros do STF decidir, na semana passada, que o tribunal não pode afastar parlamentares por meio de medidas cautelares sem o aval do Congresso Nacional.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.