Política

Romero anuncia reajuste de 6,81% para professores e entrega de mais 3 mil casas em CG

Ações foram anunciadas na abertura dos trabalhos na Câmara Municipal, nesta quinta




O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), antecipou nesta quinta-feira (8) que deverá conceder o reajuste integral de 6,81% para os professores da rede municipal. O anúncio foi feito durante a abertura dos trabalhos legislativos de 2018 da Câmara Municipal de Campina Grande, nesta quinta-feira (8). O reajuste, assegurou o tucano, será retroativo a 1º de janeiro.

Romero Rodrigues disse que pretende apresentar uma planilha detalhada com o impacto da folha do pessoal ativo e inativo no próximo dia 19 de fevereiro, na abertura oficial do ano letivo em Campina Grande.

Ao ler a mensagem do Executivo aos vereadores, o tucano destacou também, como metas administrativas para este ano, pelo menos três ações. Uma delas é o início das obras para construção de mais mil casas no complexo Aluízio Campos, com investimentos da ordem de R$ 760 milhões.

“O Aluízio Campos vai chegar a 5100 apartamentos, que deverão atender os servidores municipal com faixa salarial do Minha Casa, Minha Vida 1, com renda de R$ 1800. A prestaçãozinha que caberá no bolso do trabalhador. Se não for preenchida com os servidores, poderá ser por qualquer cidadão que não tenha seu imóvel e que pretenda adquirir esse bem tão precioso”, pontuou.

>>> Divulgada lista dos 11,6 mil aptos a concorrer a sorteio das casas do Aluízio Campos

Romero Rodrigues disse que será aproveitado o banco de dados do cadastramento remanescente do primeiro sorteio de 1400 casas do Aluízio Campos para destinação destas mil e de outras mais duas mil casas já aprovadas no âmbito do Minha Casa, Minha Vida. “Quem não foi contemplado no primeiro sorteio, será provavelmente inserido nessa lista e submetido a um novo sorteio”, assegurou.

Pavimentação

Além da habitação, Romero Rodrigues destacou, ainda, como ações a serem iniciadas este ano, investimentos de R$ 50 milhões para pavimentação em asfalto e paralelo de ruas, fruto de emenda de bancada. “Queria ter feito a apresentação nesta quinta-feira, mas ainda é preciso fazermos o levantamento topográfico e de esgotamento sanitário para conclusão final do projeto. Estamos priorizando os corredores de ônibus”, disse.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.