Política

Publicada exoneração de Lindolfo Pires e Fábio Maia

Saída dos secretários pode ter relação direta com as eleições de outubro.




O governador Ricardo Coutinho (PSB) exonerou dois secretários do primeiro escalão da administração estadual nesta quarta-feira (6). Foram publicadas no Diário Oficial as saídas de Lindolfo Pires (DEM) da secretaria de Governo e Fábio Maia (PSB) da secretaria de Interiorização. Os substitutos ainda não foram anunciados.

A saída dos secretários foi efetivada a pedido dos mesmos e pode ter relação direta com as eleições de outubro, pois os auxiliares que forem participar da campanha como candidatos ao executivo têm até a quinta-feira (7) para se desincompatibilizarem dos cargos. Lindolfo Pires já havia dito na terça-feira (5) que poderia sair do Estado para concorrer à Prefeitura de Sousa.

A exoneração de Lindolfo Pires também provoca mudanças na Assembleia Legislativa, pois ele reassume o cargo de deputado fazendo com que o segundo suplente Hervázio Bezerra (PSDB), que é líder do governo na Casa, perca a vaga.

A reportagem não localizou o agora ex-secretário Fábio Maia para que ele explicasse os motivos de ter pedido exoneração.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.