Política

Presidente Joás de Brito empossa três juízes em evento no TJPB

Solenidade aconteceu na manhã desta sexta-feira (5). 



Divulgação
Divulgação
Os três magistrados assumiram o cargo por conta da exoneração, a pedido, de outros três juízes

“Assumimos o compromisso de zelar pela ordem democrática e constitucional. Vestiremos a toga com brio. E não decepcionaremos o povo que, em nós, deposita esperança”, afirmou o magistrado recém-empossado no Judiciário paraibano, Francisco Thiago da Silva Rabelo, em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira (5), no Palácio da Justiça, na capital paraibana. Na ocasião, também tomaram posse como juízes Pedro Davi Alves de Vasconcelos e Carmen Helen Agra de Brito, todos aprovados no 53º Concurso para Juiz Substituto do Estado da Paraíba.

A cerimônia foi conduzida pelo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, que se colocou à disposição dos novos juízes no início de suas carreiras à frente da magistratura paraibana.

“Vocês se unem a nós todos, juízes, e a magistratura paraibana é quem ganha. Vocês recebem uma missão árdua, de muita responsabilidade. Permaneçam firmes. Juiz não pode sucumbir. Creiam na liberdade, moral, democracia. E que, através dos cargos, possam semear sonhos e adotar posturas éticas, sempre”, aconselhou o gestor do Judiciário aos novos integrantes do Poder.

O também empossado Pedro Davi de Vasconcelos externou a satisfação de poder prestar seu trabalho no próprio Estado “Há muito trabalho a ser feito, sobretudo no interior. Queremos contribuir para a concretização da Justiça, da qual tanto precisamos, e para a paz social. Esta posse me deixa muito feliz, inclusive porque sou paraibano. Estou muito satisfeito em voltar para “casa””, declarou.

Emocionada com o a conquista, a também paraibana Carmen Helen de Brito falou sobre as expectativas em relação ao cargo que acabou de assumir. “É um orgulho imenso contribuir para o jurisdicionado paraibano, com celeridade, qualidade, efetividade. Dirimir conflitos, satisfatoriamente”, afirmou.

Os três magistrados assumiram o cargo por conta da exoneração, a pedido, de outros três juízes recentemente empossados e oriundos do mesmo concurso. Agora, passarão por um curso de formação, conforme determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ser realizado no Estado de Alagoas. Com a conclusão do curso, serão designados pela Presidência do TJPB para as comarcas em que irão atuar.

Perfil

Natural de Fortaleza (CE), Francisco Thiago da Silva Rabelo estava atuando como promotor de Justiça no Estado do Maranhão. Pedro Davi Alves de Vasconcelos é paraibano, natural de Patos, e atuava como servidor efetivo da Justiça federal, lotado no gabinete do desembargador federal Rogério Fialho. Carmen Helen Agra de Brito estava exercendo o cargo de promotora de Justiça no Estado de Pernambuco. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.