Política

Polícia investiga participação de vereadores de Santa Rita em outros 'congressos'

Operação Natal Luz prendeu 11 dos 19 vereadores da cidade, suspeitos de fazer turismo com verbas públicas.




Vereadores foram presos quando chegavam de Gramado (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

A Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) está investigando a participação dos vereadores de Santa Rita em outros congressos, supostamente de capacitação. A informação foi confirmada pelo delegado Allan Terruel. Na madrugada desta terça-feira (5), 11 dos 19 vereadores da cidade, entre eles o presidente da Câmara Municipal, Anésio Miranda (PSB), foram presos quando voltavam de Gramado no Rio Grande do Sul. Eles são suspeitos de terem forjado um evento na cidade

“A gente está investigando outros congressos, em Maceió, Natal, Foz de Iguaçu e Gravatá. Vamos qualficar a demanda para oferecer [a denúncia] ao judiciário”, disse Terruel .

Levantamento do blog do jornalista Suetoni Souto Maior, mostra que de 2017 até agora, os vereadores da atual legislatura gastaram R$ 1,3 milhão de recursos públicos só com diárias. Para a viagem feita para Gramado, no período do Natal Luz, foram pagos R$ 69 mil em diárias. Foram R$ 9 mil para o presidente, Anésio Miranda, e R$ 6 mil para cada um dos outros dez vereadores.

A Operação Natal Luz foi feita em parceria entre a Draco e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba. E também contou com a participação de policiais civis do estado de Sergipe e do Ministério Público do Rio Grande do Sul.

Detalhes da investigação foram apresentados em coletiva (Foto: Antônio Vieira/TV Cabo Branco)

Foram presos os vereadores Anesio Alves de Miranda Filho, Brunno Inocencio da Nóbrega Silva, Carlos Antônio da Silva, Francisco de Medeiros Silva, Diocélio Ribeiro de Sousa, Francisco Morais de Queiroga, João Evangelista da Silva, Ivonete Virgínio de Barros, Marcos Farias de França, Sérgio Roberto do Nascimento e Roseli Diniz da Silva. Além deles também foi detido o contador da Câmara Municipal, Fábio Cosme de França.

Todos foram autuados por peculato. Na Central de Polícia, onde estão detidos, todos preferiram ficar em silêncio.

De acordo com o advogado Alberdan Coelho, os vereadores fizeram exame de corpo de delito e serão encaminhados para a carceragem da Central de polícia do Geisel. A audiência de custódia ainda não está com o horário confirmado: se for em Alhandra, provavelmente será de manhã. Se for em Santa Rita, provavelmente será no turno da tarde desta quarta-feira (6).

Evento ‘exclusivo’

De acordo com a investigação, o evento para qual os vereadores viajaram não tinha divulgação nem mesmo no site da empresa que supostamente seria responsável pela organização. “ A Câmara de Santa Rita ‘descobriu’ que haveria esse congresso e ninguém mais sabia, inclusive a empresa, que divulgava apenas um congresso em Porto Alegre, mão havia informação sobre congresso em Gramado”, disse Terruel. O evento tinha previsão de ocorrer entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro. No mesmo período, a palestrante do evento também estaria em outra programação no Ceará, outro ponto que levantou suspeita.

Os investigadores constataram que as “palestras” ocorreram em dias específicos, por poucas horas, e o resto do tempo era preenchido com passeios pelas cidades de Gramado e Canela. Praticamente todos os vereadores levaram acompanhantes para o “evento”.

“Tudo isso foi uma programação dos vereadores de Santa Rita para que pudessem com recursos públicos curtir o Natal Luz e maquiar uma pseudo capacitação profissional”, disse o delegado, ressaltando que agentes acompanharam a suposta programação dos parlamentares.

O advogado Alderban Coelho, que representa todos os vereadores e o servidor presos na operação, disse que não existe motivos para a prisão em flagrante. “A defesa rechaça a prisão em flagrante. Nas questões fáticas, a defesa ainda não teve acesso ao inquérito. Quer ter acesso às formações para poder se pronunciar”, afirmou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.