Política

Parlamentares eleitos tomam posse na AL, no Senado e na Câmara

Todas as cerimônias acontecem durante a manhã desta terça-feira (1°). Logo depois os parlamentares vão escolher os presidentes das respectivas Casas.




Jhonathan Oliveira

Na manhã desta terça-feira (01) acontecem cerimônias de posse na Assembleia Legislativa, na Câmara dos Deputados e também no Senado Federal. Assumem os mandatos os parlamentares que foram eleitos no dia 3 de outubro de 2010.

Veja quem são os novos deputados no vídeo ao lado

A Assembleia Legislativa da Paraíba empossa os 36 deputados que vão integrar a 17° legislatura a partir das 9h30. De acordo com o regimento interno, a sessão será presidida pelo atual presidente da Casa, o deputado Ricardo Marcelo (PSDB).

Entre os que serão empossados apenas 16 já faziam parte da Assembleia, isso significa dizer que a composição foi alterada em mais da metade. Dentro desse quadro o PMDB terá a maior bancada da Casa com 9 deputados, seguido pelo DEM que tem cinco parlamentares.

Já a cerimônia do Senado Federal está marcada para às 10h. Tomarão posse hoje Vitalzinho (PMDB) e Wilson Santiago (PMDB). O candidato mais votado nas eleições de 2010, Cássio Cunha Lima (PMDB), não será empossado. Na última sexta-feira (28) o Supremo Tribunal Federal negou uma ação cautelar na qual o tucano pedia para assumir o mandato antes de seu recurso ser julgado.

Cássio teve mais de um milhão de votos no pleito de 2010, mas teve sua candidatura barrada, com base na Lei da Ficha Limpa, pelo Tribunal Regional Eleitoral e também pelo Tribunal Superior Eleitoral. Ele tenta reverter a decisão no âmbito do STF, mas a ação só pode entrar em pauta a partir de hoje quando termina o recesso judiciário. Com isso, Wilson Santiago, terceiro mais votado, vai ocupar uma cadeira em Brasília.

Assim como no Senado, a Câmara dos Deputados também realiza cerimônia às 10h da manhã. A bancada paraibana que assume sofreu uma considerável renovação em comparação a última legislatura. Dos 12 parlamentares, sete vão exercer seus primeiros mandatos no Congresso.

O cerimonial da Câmara prevê a presença de cerca de 3.500 pessoas na cerimônia. No entanto, o plenário só tem 400 cadeiras.

Eleições

Ainda nesta terça-feira os parlamentares empossados devem eleger as respectivas mesas diretoras.

Na Câmara dos Deputados e no Senado é certo que a eleição vai ocorrer depois da posse. Diferentemente da Assembleia Legislativa, pois segundo o regimento interno esse processo deve acontecer na quarta-feira (2). Entretanto, se os parlamentares entrarem em comum acordo a votação também acontece hoje.

O atual presidente, Ricardo Marcelo, desponta como favorito para reeleição no legislativo estadual, pois garante ter 31 dos 36 votos possíveis. Entretanto, existe a dúvida se ele será candidato único ou se Lindolfo Pires (DEM) vai partir para disputa.

O deputado democrata preferiu se esquivar da imprensa nos últimos dias que antecederam a posse.A única informação é que se tem é que sua candidatura estava entregue ao governador Ricardo Coutinho (PSB) e este seria o responsável para dizer o que Lindolfo deveria fazer.

No Senado Federal, o atual presidente, José Sarney (PMDB-AP), é o mais cotado e já pode se considerar eleito. A surpresa pode fim por conta da participação de dois paraibanos na mesa. Cícero Lucena (PSDB) já foi indicado pelo seu partido para disputar à 1° secretária e Wilson Santiago pode vir a ser indicado para a 2°vice-presidência.

Na Câmara dos Deputados existe uma disputa colocada entre Marco Maia (PT-RS) e Sandro Mabel (PR-GO). Porém, Maia é o favorito. O petista conta com os votos de 21 partidos. Já Mabel não conta nem com sua própria legenda.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.