Política

MPPB vai nomear 26 aprovados no concurso de 2015

Servidores emprestados de outros órgãos serão devolvidos aos seus locais de origem.



Kleide Teixeira
Kleide Teixeira

O Ministério Público da Paraíba vai nomear, no início deste ano, 13 novos servidores aprovados no concurso realizado em 2015. Outros 13 servidores deverão ser nomeados no segundo semestre. Em contrapartida às nomeações, segundo o procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora, deverão ser devolvidos pelo menos 20 servidores por semestres e não haverá novas requisições de servidores.

Bertrand de Araújo Asfora destacou que as nomeações fazem parte do cronograma estabelecido no acordo assinado pelo MPPB com o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em setembro. "É um cronograma dentro da realidade da instituição. Os requisitados são pessoas importantes que deram uma grande colaboração para o MP, temos requisitados com mais de 10 anos, mas a imposição constitucional do concurso público é inegociável. Então a nossa ideia é no longo prazo, de uma forma equilibrada, com bom senso, fazer a nomeação de todos os aprovados no concurso para servidores dentro do cronograma perante o CNMP", justificou. 

O procurador-geral destacou ainda que, apesar do corte orçamentário ocorrido em 2016, o MP nomeou perto de 10 servidores. "A nossa pretensão era nomear mais de 25 servidores, mas por conta do corte no orçamento, não foi possível. Mesmo assim conseguimos nomear perto de 10 e estamos avançando no meio dessa turbulência toda", acrescentou.

Remoção

O MPPB, por meio da Secretaria Geral (Seger), está disponibilizando 13 vagas para o ‘Concurso de Remoção Interna de Servidores’. "O objetivo do concurso é, após as remoções, fazermos a nomeação de mais concursados", explica o secretário-geral, João Arlindo Corrêa Neto, lembrando que o ‘Concurso de Remoção Interna de Servidores’ é destinado a ocupantes de cargos de técnico ministerial, sem especialidade do MPPB. Estão sendo disponibilizadas vagas para as seguintes cidades: Cabedelo, Bayeux, Santa Rita, Mamanguape, Guarabira, Itabaiana, Campina Grande, Queimadas, Pocinhos, Patos, Itaporanga, Sousa e Cajazeiras.

Podem participar do certame os servidores efetivos do quadro permanente do MPPB, independente da região administrativa em que esteja lotado. As inscrições serão realizadas mediante preenchimento de formulário no Protocolo da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) ou por meio eletrônico, através do MP-Virtual.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.