Política

Motoristas de transporte escolar de João Pessoa fazem protesto por auxílio financeiro

Categoria está parada desde março, quando as aulas foram suspensas devido à pandemia.




Foto: Divulgação/Semob-JP

Um grupo de motoristas de transporte escolar de João Pessoa realizou um novo protesto em frente à residência do prefeito Luciano Cartaxo (PB), no Bairro dos Estados, na manhã desta terça-feira (14). Afetados pela suspensão das aulas presenciais nas escolas, eles cobram a concessão de um auxílio emergencial do poder público municipal para a categoria, além de outros benefícios como um linha de crédito especial com carência, isenção das taxas de inspeção na Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob-JP) e cestas básicas.

Nas primeiras horas da manhã, vários ônibus escolares estacionaram no entorno da Vila Olímpica, na Avenida Acre, que fica em frente à casa do prefeito. Faixas e cartazes foram afixados nos veículos com frases que pediam socorro financeiro à categoria. O protesto ocorreu de forma pacífica.

Segundo o presidente do Sindicato dos Transportadores Escolares da Paraíba, André Sales, a ação foi organizada por eles não terem tido nenhuma resposta da Prefeitura de João Pessoa após a última tentativa de diálogo, ou por parte do governo do estado.

“Estamos há quatro meses sem trabalhar e sem fonte de renda. Buscamos junto ao poder público um auxílio emergencial, 90% não conseguiu dar entrada junto ao auxílio federal. Além disso, pedimos uma linha de crédito com carência de seis meses para regularizar condomínio, prestação de apartamento, isenção das taxas da Semob para regularizar os veículos e cestas básicas, muitos transportadores estão passando necessidade”, explicou Sales, em entrevista à TV Cabo Branco.

O grupo pretende fazer a mesma ação similar na próxima quinta-feira (16) em frente a Granja Santana, residência oficial do governador João Azevêdo (Cidadania), para apresentar as mesmas demandas.

A Secretaria de Comunicação de João pessoa informou que o prefeito irá receber a categoria para um conversa, já que está disposto a dialogar com todas as categorias, mas não marcou dia e horário para o encontro.

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.