Política

Ministro diz que pedido de recurso para finalizar viaduto do Geisel não existe

Bruno Araújo também disse que dinheiro só será liberado após medição da obra e solicitação oficial da verba.




Em passagem pela Paraíba, nesta sexta-feira (02), para Campanha Nacional de Mobilização contra o Aedes Aegypti, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, disse que não há solicitação do governo do estado nem medições para liberação dos R$ 7 milhões em verbas federais para a obra do viaduto do Geisel. Na terça-feira (29), o governador Ricardo Coutinho (PSB) havia cobrado do governo federal o repasse dos recursos, que deverá ser entregue no próximo dia 23 de dezembro. “Assim que o fizer, será feito, porque os recursos do viaduto já estão garantidos”, assegurou o ministro.

Ricardo Coutinho disse que o viaduto do Geisel deverá ser entregue independente das verbas, já que a obra foi realizado com recursos do estado, e disse que o convite ao ministro para a inaguração não será feito por ele, mas pela sua equipe de governo. 

Apesar de ainda não ter recebido convite formal do cerimonial do governo, Bruno Araújo também confirmou que deve estar presente à inauguração do viaduto, denominado governador Eduardo Campos. “Vamos participar. São recursos do governo federal, em parceira com o governo do estado, e o que interessa é que a obra está entregue”, argumentou.

O ministro revelou que antes de viajar à Paraíba teve uma boa conversa com o governador do estado para convidá-lo para o evento desta sexta-feira, mas Ricardo Coutinho justificou que não poderia ir por outros compromissos. O socialista proferiu palestra sobre a câmara de Conciliação de Precatórios aos 109º Encontro do Conselho dos Tribunais de Justiça – evento em que os gestores de TJ’s brasileiros se reúnem para discutir assuntos que envolvem o Judiciário na atualidade.

Campanha Nacional 

Na programação, o ministro fará uma visita ao posto da Polícia Rodoviária Federal de Manguinhos, no município de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa, para vistoria de focos do mosquito. De lá, ele assinará uma ata de regulamentação da Lei do Leilão. Ao lado do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), Araújo fará visita à Escola Estadual Cidadã Integral Técnica Erenice Cavalcante Fidéles, com aproximadamente 270 alunos.

Na sequência, a visita será na Sala Estadual de Comando e Controle, no Espaço Cultural. O ministro e autoridades recebem explicação sobre o funcionamento da sala e do aplicativo Aedes na Mira. Criada pelo Governo do Estado, a ferramenta tem o objetivo de agilizar o combate ao mosquito Aedes aegypti.

Dia Nacional de Combate ao Mosquito

Nesta data serão realizadas ações integradas e simultâneas nas capitais do País, em articulação com prefeituras, governos estaduais e população. Ministros de Estado, militares das Forças Armadas, agentes de saúde e de defesa civil visitarão residências, escolas, órgãos públicos, canteiros de obras e outros locais para conscientizar a população sobre a importância do engajamento de todos na luta contra o Aedes aegytpi.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.