Política

Ministro do Desenvolvimento Regional visita obras na PB e anuncia recursos para CBTU

Obras visitadas estão em Campina Grande e Itatuba, no Agreste.




Pela manhã, o ministro Rogério Marinho esteve com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues. Foto: Codecom-CG

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, visitou nesta terça-feira (23) a Paraíba, onde participou de vistorias às obras da Vertente Litorânea, de pavimentação e urbanização, além da inauguração de 40 sistemas de abastecimento do Programa Água Doce. As visitas foram feitas em Campina Grande e Itatuba, no Agreste do estado. O ministro ainda cumpre agenda em João Pessoa, onde anuncia recursos para a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e participa de uma reunião com o governador João Azevêdo (Cidadania).

Ao chegar na Paraíba, o ministro visitou a tomada d’água da Vertente Litorânea, na Barragem de Acauã. Esta é uma obra complementar ao Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O empreendimento é composto por 110 quilômetros de canais e está orçado em R$ 1,4 bilhão, incluindo contrapartidas do Estado. No total, mais de R$ 816 milhões já foram investidos pelo Governo Federal. A Vertente Litorânea pretende beneficiar aproximadamente 631 mil pessoas em mais de 60 municípios.

Ainda em Itatuba, na comunidade Sítio Tabocas, Rogério Marinho inaugurou um dos 40 sistemas de abastecimento de água que estão sendo entregues à 27 cidades paraibanas. O investimento, por meio do Programa Água Doce, é de R$ 5,8 milhões para atender mais de 9,6 mil pessoas.

Já em Campina Grande, no início da tarde, o ministro esteve junto ao prefeito Romero Rodrigues vistoriando obras de pavimentação, que estão recebendo recursos do Ministério. São ações de recapeamento asfáltico, drenagem urbana e instalação de pontes. Os serviços já foram executados em um percentual de aproximadamente 36% da obra total e receberam R$ 20,5 milhões em repasses federais, sendo R$ 9,2 milhões somente neste ano.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.