Política

Mesmo com apelo de Ricardo, base não comparece e AL segue sem votações

Cobrança feita pelo governador para que fosse dada celeridade as votações não funcionou. Deputado Hervázio Bezerra confirmou a desarticulação da base aliada.




Jhonathan Oliveira

Os apelos feitos pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), em reunião com a base aliada na terça-feira (7), para que fosse dada celeridade as votações na Assembleia Legislativa não funcionaram. Nesta quarta-feira mais uma vez não houve votações na Casa por falta de quórum.

Na sessão desta quarta-feira, os deputados voltaram a obstruir a votação. No entanto, os representantes do bloco afirmaram que a responsabilidade de não haver apreciação de matérias é do bloco governista. De acordo com os oposicionistas, a base está desarticulada pois possui 21 deputados e o número mínimo para abrir votação é 19.

"A responsabilidade de colocar os deputados para votar é do Governo. Ele tem 21 deputados, se todos forem ao plenário eles não precisam de nenhum deputado da oposição", disse o depuatdo Luciano Cartaxo (PT). "Ontem eles saíram em 20 de uma reunião com o governador e chegaram aqui apenas em 15, ou seja, cinco se perderam pelo caminho.E hoje eles têm apenas 12", acrescentou.

O deputado Hervázio Bezerra (PSDB) reconheceu que existe uma desarticulação na base aliada. Na visão dele é um problema que o líder da bancada deputado Lindolfo Pires(DEM), precisa resolver.

"O problema existe, ele é factível. Se temos 21 deputados como não conseguimos colocar 19 em plenário. Cabe ao líder chamar o feito à ordem e buscar corrigir isso", afirmou Hervázio.

O deputado não quis comentar o que estaria causando essa desarticulação. "Eu só posso falar sobre mim e da minha parte não existe nenhum problem", completou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.