Política

Manobra faz TCE adiar julgamento das contas da Casa Civil

Johnson pediu adiamento alegando que estaria em audiência em Pombal, mas não compareceu.




Com base em uma informação inverídica do advogado Johnson Abrantes, o Tribunal de Contas adiou para a próxima semana o julgamento das contas de 2011 da Casa Civil do Estado. Johnson, que atua no processo, pediu adiamento sob a justificativa de que estaria indo a uma audiência em Pombal para representar a prefeita Pollyana Werton Dutra, numa ação de investigação judicial eleitoral. A reportagem do JP teve acesso com exclusividade ao termo de audiência que mostra a ausência do advogado.

De acordo com o documento, fornecido pela 31ª Zona Eleitoral, de Pombal, a prefeita foi representada pelo advogado Bruno Lopes de Araújo, que atua no escritório de Johnson Abrantes. Também estavam presentes a juíza eleitoral Juliana Dantas de Almeida Borges e o promotor eleitoral Leonardo Fernandes Furtado.

A informação de que Johnson Abrantes teria ido a Pombal para participar da audiência foi dada pelo conselheiro Umberto Porto, relator do processo da Casa Civil. “Este fato me leva a acatar como de praxe o pedido. Portanto, fica adiado para a próxima sessão o julgamento do processo”, afirmou.

O caso dos gastos da Casa Civil já teve seu julgamento adiado por várias vezes. A reportagem entrou em contato com o advogado Johnson Abrantes, mas ele não quis se manifestar. Por meio de mensagem enviada pelo celular ele fez o seguinte comentário: “Recebi recomendação superior para não comentar mais o julgamento. Somente após a decisão do TCE”.

Ao analisar a prestação de Contas da Casa Civil, sob a responsabilidade de Lúcio Flávio, a auditoria do TCE apontou diversas irregularidades, destacando-se a compra de 7,5 toneladas de carne, no período de seis dias (7 e 13 de dezembro). Também chamou a atenção da auditoria a aquisição de artigos de cama, banho, bebê e decoração para a esposa do governador, no valor de R$ 18.575,73, sem o devido procedimento licitatório.


 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.