Política

Autoridades lamentam a morte do ex-governador Wilson Braga

Dentre os que lamentaram a morte estão prefeitos e parlamentares.




Diversas autoridades lamentaram a morte do ex-governador da Paraíba, Wilson Braga, uma das mais importantes e influentes figuras políticas do estado. Aos 88 anos, ele faleceu na noite deste domingo (17), no Hospital Nossa Senha das Neves, em João Pessoa, onde estava internado desde o dia 1º de maio para tratamento de saúde agravado devido à Covid-19.

A morte de Wilson Braga ocorre nove dias após o falecimento da ex-deputada e ex-primeira dama Lúcia Braga, sua companheira de vida pessoal e política, também vítima de coronavírus, fato que também foi lembrado por alguns políticos.

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), decretou luto oficial de três dias em decorrência da morte do ex-governador, de quem foi auxiliar em diversos cargos nos anos 1980.

 

Senadores

 

Amigo pessoal, o senador José Maranhão emitiu nota à imprensa para lamentar a morte de Wilson Braga. “Nós, paraibanos, estamos de luto, não somente porque perdemos um grande e honrado homem público, mas, sobretudo, pela perda de um amigo. Amigo é alguém extremamente valioso e, muitos e muitos de nós, tínhamos nesta conta Wilson Braga, que estava sempre presente nos momentos mais difíceis e definitivos de nossas vidas. Chegou sua hora de voar, meu leal amigo. Junto de Lúcia, sua eterna companheira, vá conhecer a paz infinita no horizonte sem fim, onde habita nosso Deus”, declarou, em nota.

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), por meio de suas redes sociais, emitiu nota de pesar pelo falecimento do ex-governador Wilson Braga. “Pesarosamente nós recebemos, logo cedo, a notícia do falecimento do governador Wilson Leite Braga. Eu tive a oportunidade de conviver e acompanhar a trajetória política de Wilson de 1982 a 1986, em que o governador deixou marcas aos paraibanos, nos setores assistencial, habitacional e principalmente o projeto Canaã, que levou água em especial para o Cariri e Sertão da Paraíba. Os nossos sinceros sentimentos ao grande homem público Wilson Leite Braga”, afirmou Veneziano.

Já a senadora Daniella Ribeiro (PP) fez postagem em seus stories no Instagram, recordando que Braga fez história na Paraíba, desde  como líder estudantil até a incansável carreira politica como prefeito de João Pessoa, deputado federal e estadual, além de governador do estado.

 

Luciano Cartaxo

 

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, foi um do que lamentou o falecimento de Wilson Braga. Em nota, ele destacou que ele teve uma vida histórica na política paraibana marcada pelo exercício de diversos mandatos populares. “Wilson Braga partiu nos deixando um legado de lutas e serviços que marcaram a vida dos paraibanos. Ele teve uma vida marcada pelo trabalho político intenso, assumindo os mais diversos cargos públicos em todas as esferas de poder e, através dos quais, buscou deixar um legado para a história. Nossos profundos votos de pesar à família, amigos e milhares de paraibanos que hoje lamentam a sua perda. Desejamos força e serenidade para atravessar este momento de dor e luto”, afirmou.

 

Romero Rodrigues

 

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), usou as redes sociais para lamentar a morte do ex-governador da Paraíba. “Adeus, Wilson”, inicia a postagem. O tucano aproveitar para lembrar a trajetória de quase 70 anos de vida pública e destacou o Projeto Canaã, na área de recursos hídricos, como a iniciativa mais emblemática de sua gestão.

“Todos os que tivemos oportunidade e o privilégio de conhecer o ex-governador natural de Piancó, aprendemos muito com ele e sua história de vida. Ele nos deixa, após heroica resistência, exatos nove dias após a partida da esposa e companheira de toda a vida, a ex-deputada Lúcia Braga, a quem também homenageamos”, completa Romero Rodrigues.

View this post on Instagram

*Adeus, Wilson!* A morte do ex-governador Wilson Leite Braga, aos 88 anos de idade, na noite deste domingo (17), deixa a Paraíba inteira de luto e também marca o fim de um círculo histórico de uma geração de líderes que causaram grande impacto na vida contemporânea dos paraibanos. Ao longo de quase 70 anos de vida pública, Wilson Braga galgou importantes cargos, mas deixou sua marca como governador e creio ser o Projeto Canaã, na área de recursos hídricos, a iniciativa mais emblemática de sua gestão. Todos os que tivemos oportunidade e o privilégio de conhecer o ex-governador natural de Piancó, aprendemos muito com ele e sua história de vida. Ele nos deixa, após heróica resistência, exatos nove dias após a partida da esposa e companheira de toda a vida, a ex-deputada Lúcia Braga, a quem também homenageamos. Que Wilson Braga descanse em paz e continue a nos inspirar, principalmente neste momento em que todod travamos uma luta de vida e morte com a doença que foi sua algoz. Fica com Deus, Wilson.

A post shared by Romero Rodrigues (@romerorodriguespb) on

 

Na Assembleia

 

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), foi um dos primeiros a se manifestar em condolência a família do ex-governador. “Wilson Braga, grande baluarte da política paraibana, perde a guerra para o coronavírus e parte. Wilson, que além de governador entre 1983 a 1986, foi deputado estadual, federal, vereador e prefeito de João Pessoa, perdeu recentemente a esposa Lúcia Braga. Que Deus o receba em sua morada eterna”, declarou em sua conta pessoal no Instagram.

 

 

Sertanejo como Braga, o deputado Nabor Wanderley (PRB) também lamentou a morte do ex-governador. “Lamento o falecimento do ex-governador @wilsonlbraga ,que marcou a vida política da Paraíba com obras e realizações. Excelente administrador, está na história do nosso estado. Um homem de bons sentimentos, de bom coração e de espírito público. Envio minha solidariedade , que Deus console os familiares e amigos. Peço a todos que elevem orações em memória do inesquecível, WILSON BRAGA”, postou em sua conta pessoal no Instagram.

 

Quem também fez postagem nas redes sociais para lamentar a morte de Braga foi a deputada Pollyana Dutra (PSB), também com bases no Sertão paraibano. “Wilson Braga tinha 88 anos e, ao longo da sua história, marcou a história de todos os paraibanos”, destacou a parlamentar em um dos trechos.

View this post on Instagram

▪️ NOTA DE PESAR . A semana teve início com a triste notícia do falecimento do ex-governador da Paraíba Wilson Braga. Internado desde o último dia 1º de maio em um hospital da capital, Wilson perdeu a guerra para o coronavírus e nos deixou no fim da noite deste domingo. A Paraíba está de luto! . Wilson Braga tinha 88 anos e, ao longo da sua história, marcou a história de todos os paraibanos. Foi vereador e prefeito da capital, deputado estadual, deputado federal e governador do nosso estado. Uma vida pública marcada por diversas realizações por todo o povo paraibano. . Neste momento de sofrimento, presto meus mais sinceros sentimentos de solidariedade e apoio a todos os familiares e amigos, que recentemente também perderam a ex-deputada federal e esposa de Wilson, Lúcia Braga. Que Deus, em sua infinita bondade, dê a todos a força necessária para passarem por esse momento difícil. . . . #PollyannaDutra 🌹

A post shared by Deputada Pollyanna Dutra (@pollyannadutraoficial) on

 

 

Já o deputado Raniery Paulino (MDB), que foi correligionário de Braga no antigo PMDB, lembrou da influencia política que Braga exerceu para construção da sua trajetória. “Wilson Braga tem muita relevância na minha vida pública. Em 2006 foi a minha primeira eleição e fiz dobradinha com ele. Nos elegemos, eu deputado estadual e ele deputado federal. Em 2010 ele foi candidato a deputado estadual e também fomos eleitos… fomos colegas de parlamento”, postou no Twitter.

 

Ex-senadores

 

O ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) também lamentou a partida do ex-governador. “Nem a morte separou @wilsonlbraga de Lúcia Braga. Em tão curto espaço de tempo duas grandes perdas para a Paraíba. Com tristeza, renovo meu voto de pesar a família e aos amigos. Minhas sinceras condolências à todos os eleitores e admiradores de Wilson Braga”, declarou.

 

 

Outro ex-senador que se solidarizou com a familia do morto foi Cícero Lucena (PSDB), de quem era amigo pessoal. “Tenho inúmeras histórias com Wilson e a memória me faz viajar no tempo. Um tempo em que a política era mais franca e doce, com homens e mulheres que viveram pelo povo”, diz em um trecho da postagem.

 

View this post on Instagram

Meu amigo, o ex-governador da Paraíba, Wilson Braga, nos deixou na noite deste domingo. Guerreiro de inúmeros valores, Braga nos deixa poucos dias após a morte de sua amada Lúcia Braga, outra que deixou seu nome escrito na história da Paraíba e do Brasil. Tenho inúmeras histórias com Wilson e a memória me faz viajar no tempo. Um tempo em que a política era mais franca e doce, com homens e mulheres que viveram pelo povo. Perder Wilson é ver partir um pedaço muito importante da nossa história, mas graças a seus feitos os nomes de Wilson e Lúcia Braga jamais serão esquecidos. Que Deus o receba de braços abertos na eternidade! Wilson e Lúcia, uma história de amor pela Paraíba até o fim! #luto

A post shared by Cícero Lucena (@cicerolucena) on

 

Câmara Municipal de João Pessoa

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) expressa seu profundo pesar pelo falecimento do ex-governador da Paraíba por sua relevância na política e sua importância para sociedade. “A Câmara Municipal de João Pessoa lamenta a partida do ex-chefe do Executivo paraibano e transmite seus votos de solidariedade aos parentes, amigos e admiradores deste político”, diz a nota.

Partidos

 

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) na Paraíba emitiu nota lamentando o falecimento do ex-governador Wilson Braga, vítima do novo Coronavírus. A legenda destaca a sua contribuição para a política paraibana e para o processo democrático, além do legado deixado em defesa dos mais vulneráveis e pelo desenvolvimento da região do semiárido.

Biografia

 

Wilson Braga iniciou a vida pública em 1955, quando foi eleito deputado estadual. Nascido em Conceição, no Sertão da Paraíba, filho de político, seguiu a carreira do pai. Atuou também como advogado e empresário. Em relação aos partidos políticos, passou por várias colocações partidárias, da direita à centro esquerda. Militou na Arena, PDS, PFL, PSDB, PMDB, PSB, PDT e PSD.

Antes de entrar na carreira política, foi líder estudantil na década de 50 com destaque na Casa do Estudante, em João Pessoa, e representante da UNE na Paraíba quando cursava Direito na Faculdade de Direito da Paraíba (atual UFPB). No ramo empresarial, Wilson Braga detinha o controle de emissoras de rádios no estado, como a Rádio Sanhauá de João Pessoa, Rádio Cidade FM de Piancó e Rádio Educadora de Conceição.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.