Política

Lewandowski relata ação do PT contra Alexandre

Ação movida pelo PT, questiona decisões do TJ-PB e TRE-PB em manter candidatura de Alexandre Almeida em Campina Grande.




O ministro Ricardo Lewandowski é o relator, no Supremo Tribunal Federal, da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), impetrada pelo Diretório nacional do PT, questionando as decisões do Tribunal de Justiça da Paraíba e Tribunal Regional Eleitoral que mantiveram a candidatura de Alexandre Almeida (PT) à Prefeitura de Campina Grande em detrimento da aliança do partido com o PP, da prefeitável Daniella Ribeiro.

A briga em Campina Grande começou em junho, quando, segundo o diretório, após o partido decidir, em convenção, fazer aliança com o PP — ficando com a vaga de vice — o presidente local do PT convocou outra convenção, na qual venceu a tese de que ele próprio seria candidato a prefeito. Para garantir sua candidatura, Alexandre Almeida entrou com uma ação anulatória na Justiça Comum de Campina Grande, com a qual conseguiu anular as deliberações do encontro anterior, que haviam sido homologadas pelo diretório nacional. O juiz da 5ª Vara Cível de Campina Grande, por meio de medida liminar, determinou, ainda, que o PT não se coligasse a nenhuma outra agremiação partidária, em especial o PP.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.