Política

Juiz convoca órgãos para avaliar contas

Servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e da Controladoria Geral do Estado (CGE) vão ajudar na análise da prestação de contas dos candidato.




Servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e da Controladoria Geral do Estado (CGE) vão ajudar na análise da prestação de contas dos candidatos que disputaram as eleições de João Pessoa. O juiz Fabiano Moura de Moura, da 64ª Zona Eleitoral, responsável pela apreciação das contas de campanha encaminhou ofícios aos dois órgãos solicitando a liberação dos funcionários.

O magistrado pediu a cessão para a Justiça Eleitoral de três auditores de cada um dos órgãos fiscalizadores que se juntarão a outros três designados pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba. De acordo com o chefe do cartório da 64ª Zona Eleitoral, Flávio Souto, a CGE indicou ontem os servidores e o TCE deve fazer isso até o dia 1º de novembro. Ele disse que a corte de contas recebeu o ofício nesta semana e a Controladoria foi comunicada na anterior.

Flávio também explicou o motivo do juiz Fabiano Moura de Moura solicitar o auxílio dos funcionários dos órgãos. “É devido ao baixo contingente de servidores que existem na Justiça Eleitoral. Os contadores que o Tribunal possui já têm as suas atividades”, afirmou o chefe do cartório, Flávio Souto.

Os candidatos que disputaram o primeiro turno têm até o dia 6 de novembro para remeter os dados sobre gastos à Justiça Eleitoral. Já os candidatos que concorreram ao segundo turno das eleições devem apresentar as contas até o dia 27 de novembro. A prestação das contas é feita pelo site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O prazo para a Justiça avaliar a documentação vai até o dia 10 de dezembro. A diplomação dos eleitos deve acontecer até o dia 19 de dezembro.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.