Política

Jota Júnior tem contas reprovadas e terá que devolver R$ 670,4 mil

Ele realizou despesas sem comprovação documental relativas, em sua maior parte, a serviços de auditoria  e recuperação de crédito.




O ex-prefeito de Bayeux Jota Júnior terá que devolver aos cofres públicos a quantia de R$ 670,4 mil. A decisão é do Tribunal de Contas do Estado, que ontem analisou a prestação de contas do exercício 2012, último ano da gestão dele na prefeitura de Bayeux. De acordo o processo, foram realizadas despesas sem comprovação documental atinentes, em sua maior parte, a serviços de auditoria e recuperação de crédito com realização não confirmada.

A Corte de Contas também julgou irregulares as contas do Fundo Municipal de Saúde de Bayeux. Os conselheiros imputaram um débito de R$ 890,3 mil à ex-gestora Suzana Ribeiro de Medeiros. Ainda cabe recurso dessas decisões tomadas, conforme proposta do conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo, relator do processo.

Também teve as contas reprovadas o então gestor da Câmara Municipal de Araruna, Francisco Ednaldo Pontes Martins. A condenação foi por gastos excessivos com internet. Ele, que deixou de apresentar defesa, poderá fazê-lo, agora, em grau de recurso. Despesas também excessivas, neste caso com aquisição de combustíveis, ajudaram a reprovar as contas de 2013 da Câmara de Gado Bravo.

Houve aprovação das contas de 2013 dos gestores de Riachão (Fábio Moura de Moura), Sobrado (George José Porciúncula Pereira Coelho), Aguiar (Manoel Batista Guedes Filho), Serraria (Severino Ferreira da Silva), Santa Inês (João Nildo Leite), Borborema (Maria Paula Gomes Pereira) e Mulungu (Joana D’Arc Rodrigues Bandeira Ferraz).

Foram aprovadas, ainda, as do exercício de 2013 das Câmaras Municipais de Cuitegi e Juripiranga (com ressalvas, em ambos os casos), Alagoa Grande, Tavares, Lastro, Alcantil, Brejo dos Santos e Mato Grosso. Também, as de 2014, das Câmaras de Pedro Régis, São Domingos do Cariri e Cuité de Mamanguape.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.