Política

José Maranhão transfere cargo para Luiz Silvio Ramalho Júnior

Governador licenciado manifesta tranquilidade na solenidade de posse do governador temporário. O presidente do TJ-PB ficará à frente do Estado por 15 dias.



Divulgação
Divulgação

Da Redação
Com Secom-PB

Na solenidade de posse do governador temporário do Estado – o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior –, o governador licenciado José Targino Maranhão elogiou seu substituto no cargo, e demonstrou tranquilidade. “Enquanto governador e cidadão, além de ser uma honra muito grande ter um homem de bem, de vida ilibada, como meu substituto, é também motivo de muita tranquilidade”, afirmou.

A solenidade de posse ocorreu no início da tarde desta quarta-feira (15), no Salão Nobre do Palácio da Redenção. Na ocasião, o governador José Maranhão transferiu o cargo de chefe do executivo estadual ao desembargador Luiz Silvio, na presença de colegas desembargadores, juízes, familiares e secretários do Governo do Estado.

Maranhão desejou êxito ao novo governador em exercício e afirmou que a administração estadual continuará em boas mãos. “O Estado vai continuar andando bem, com seus projetos fluindo dentro da normalidade”, disse o governador licenciado, desejando saúde, paz e muita energia ao novo governador, que fica à frente do Estado por quinze dias.

No pronunciamento de posse, o desembargador Luiz Sílvio agradeceu a presença de todos que prestigiaram a solenidade e afirmou que ao assumir a missão de governador de seu Estado tem consigo a determinação, o propósito de praticar o bem em todas as suas formas e sua maior preocupação é com o zelo, o trato com a coisa pública.

Ele destacou ainda o voto de confiança que lhe foi dado pelo governador licenciado, uma confiança que ele estende a todos os magistrados da Paraíba. “É uma honra para mim e para toda a Magistratura do Estado”, afirmou o governador em exercício.

De acordo com o artigo 82, da Constituição do Estado da Paraíba, em caso de impedimento do vice-governador, ou do presidente da Assembleia Legislativa, quem assume o Governo em substituição ao governador é o presidente do Tribunal de Justiça.

Nos quinze dias em que o desembargador Luiz Sílvio Ramalho Júnior estará no comando do Governo do Estado, o desembargador Nilo Luiz Ramalho Vieira assumirá a presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba, por ser decano daquela instituição e porque a vice-presidente do TJ, desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti, se encontra em licença médica.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.