Política

João publica decreto que regulamenta Programa Paraíba Esporte Total

O programa prevê investimento de R$ 4 milhões no futebol profissional paraibano.




Foto: divulgação

O decreto que regulamenta o Programa Paraíba Esporte Total foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (9) pelo governador João Azevêdo. Com aporte financeiro fixado em R$ 4 milhões, o Paraíba Esporte Total faz parte do Programa de Incentivo ao Esporte Paraibano, lançado pelo governador em janeiro deste ano com o objetivo de centralizar e substituir os programas esportivos que existiam até então no estado.

O recursos do “Paraíba Esporte Total” serão utilizado para incentivar os clubes de futebol profissional masculino da Primeira Divisão do Campeonato Paraibano, organizado e dirigido pela Federação Paraibana de Futebol (FPF), além dos que participam das Séries do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e os demais clubes e entidades que desenvolvam atividades de alto rendimento, conforme avaliação da Comissão de Avaliação da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

A repartição dos recursos do Programa será de 75% para os clubes profissionais integrantes da Primeira Divisão do Campeonato Paraibano de Futebol masculino e 25% para os demais clubes e entidades que desenvolvam o desporto e o paradesporto de alto rendimento e tenham resultados expressivos no âmbito nacional e/ou internacional.

Os valores devem ser rateados da seguinte forma:

– Botafogo: 923 mil
– Campinense: 467 mil
– Treze: 368 mil
– Atlético de Cajazeiras: 238 mil
– CSP: 167 mil
– Desportiva Perilima: 167 mil
– Nacional de Patos: 167 mil
– São Paulo Crystal: 167 mil
– Sousa: 167 mil
– Sport Lagoa Seca: 167 mil

 

A Federação Paraibana de Futebol (FPF) resolveu antecipar o retorno do Campeonato Paraibano para o próximo dia 17 de julho., após a suspensão devido a pandemia da covid-19.

 

Exceções

 

Os clubes profissionais que jogam a primeira divisão do Campeonato Paraibano e demais competições nacionais vão continuar recebendo suas parcelas de verba, proporcional às participações de cada um. A diferença agora é que times de outros esportes, que se destaquem nacionalmente, também poderão receber verbas públicas.

Essa mudança pode beneficiar times como o João Pessoa Espectros, que é bicampeão brasileiro de futebol americano; e o Basquete Unifacisa, que participa atualmente do NBB, a elite do basquete nacional.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.