Política

João Azevêdo assina contrato com Banco Mundial para investimentos na infraestrutura hídrica

Gestão estadual também investirá 80,2 milhões de dólares no setor, provenientes de recursos próprios.




João Azevêdo assina contrato com Banco Mundial para investimentos na infraestrutura hídrica. Foto: Francisco França/Secom-PB

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), assinou, nesta quarta-feira (2), no Palácio da Redenção, um contrato de empréstimo entre o Governo da Paraíba e o Banco Mundial no Brasil. O valor de aproximadamente 127 milhões de dólares será destinado à execução do Projeto de Segurança Hídrica do Estado da Paraíba (PSH-PB). A gestão estadual também investirá 80,2 milhões de dólares no setor, provenientes de recursos próprios.

A ação vai beneficiar a população das regiões do Cariri e Curimataú, que receberão água por meio do Sistema Adutor Transparaíba. Além disso, os investimentos vão permitir a reestruturação de órgãos como Cagepa e Aesa, além do reordenamento do esgoto de João Pessoa.

“Esse é um momento histórico para nós, estamos assegurando investimentos para regiões carentes de abastecimento, como o Cariri, e também atendemos a Região Metropolitana de João Pessoa, o que é fundamental para o nosso desenvolvimento e irá nos permitir deixar um legado na infraestrutura hídrica e melhorar a qualidade de vida das pessoas porque água de qualidade reflete diretamente na saúde, além de termos as condições de melhorar ainda mais a nossa prestação de serviço”, disse, João Azevêdo.

O secretário de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, afirmou que o contrato de empréstimo com o Banco Mundial é fundamental para garantir a segurança hídrica aos paraibanos. “Os recursos vão financiar todo o ramal do Cariri da adutora Transparaíba, beneficiando toda a região e também irá melhorar a eficiência operacional da Cagepa na Grande João Pessoa, com a construção de um novo sistema de tratamento de esgoto que vai beneficiar os municípios envolvidos pelos próximos 30 anos”, explicou.

Entenda

O Projeto de Segurança Hídrica do Estado da Paraíba (PSH-PB) visa o aprimoramento da gestão dos recursos hídricos, do aumento da oferta d’água potável no semiárido paraibano e da otimização dos sistemas de abastecimento e esgotamento sanitário da Grande João Pessoa.

O projeto é dividido em componentes que envolvem a gestão integrada dos recursos hídricos e a melhoria da eficiência e da segurança dos serviços de água e saneamento e também prevê ações de estudos de viabilidade e projetos de barragens na bacia Piranhas/Açu, atualização da bacia cartográfica e fortalecimento e gerenciamento dos órgãos relacionados ao PSH, além da implementação do programa de controle e redução de perdas de água.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.