Política

João anuncia pacote de investimentos de R$ 1,8 bilhão e concurso para quatro áreas em 2020

Governador fez um balanço do primeiro ano da gestão e projetou ações para os próximos meses.




Anúncio do governador foi feito em solenidade no Teatro Paulo Pontes (Foto: Divulgação/Secom-PB)

O governador da Paraíba, João Azevêdo (sem partido) promoveu um evento no Teatro Paulo Pontes, em João Pessoa, nesta segunda-feira (6), para prestar contas de seu primeiro ano de governo e, sobretudo, anunciar investimentos para 2020. Segundo o gestor, o volume chega a R$ 1,8 bilhão, em diversas áreas. Entre as ações estão concursos para o magistério, Porto de Cabedelo, Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

O governador não deu prazos para o lançamento dos editais dos concursos. Confirmou apenas que nos próximos dias dará posse aos mil professores aprovados no certame de 2019 e também aos 400 agentes socioeducativos que passaram em concurso para a Fundac.

Do pacote de investimentos, o mais próximo será lançado na próxima segunda-feira (13), quando será lançada o programa “Incentivo Esporte”. O novo programa será criado com a extinção dos  programas Bolsa Atleta e Gol de Placa e Bolsa Atleta, este último alvo de investigação do Ministério Público da Paraíba. O objetivo, conforme pontuou João, é apoiar não apenas o futebol profissional como também outras modalidades esportivas. O investimento vai ser de R$ 7 milhões.

“Nós temos a consciência de que os investimentos irão permitir que o estado inicie 2020 com R$ 1,8 bilhão em ações e obras e isso é fruto do que foi feito em 2019, o que representa um esforço gigantesco para termos uma Paraíba mais justa e mais inclusiva e que respeita os recursos públicos”, comentou o governador.

Habitação

Na área da habitação, além da ampliação do programa Habitacional Cidade Madura para mais duas cidades. Além de Monteiro, no Sertão da Paraíba, o qual já está com processo licitatório em andamento, o governo pretende construir mais um equipamento em Bayeux, na região Metropolitana de João Pessoa, mais à frente.

João disse que o governo da Paraíba também pretende criar um novo programa de habitação popular, nos moldes do ‘Minha Casa, Minha Vida’, mas com recursos próprios do estado, em parceria com os municípios e participação dos futuros proprietários dos imóveis. O novo programa habitacional do estado será lançado no dia 22 de janeiro.

Ainda na área da habitação, a previsão de implantação do projeto Agrovila Águas de Acauã, que visa assentar 100 famílias da comunidade Costa, localizada no município de Natuba.

Educação

Na área da Educação, João Azevêdo disse que o compromisso para 2020 é implantar mais 76 escolas integrais. “Vamos chegar a 151 cidades e 229 escolas, 73 mil vagas, 44 cursos técnicos e 4 mil educadores”, afirmou.

Caso a meta seja alcançada, reforçou João, a Paraíba será o estado brasileiro com a maior oferta de educação integral no Brasil. “A Paraíba será o estado do Brasil com a maior oferta de educação integral, com 53%. Esse é um marco muito importante. Essa nova relação com a educação tem trazido resultados importantes”, pontuou.

Saúde

Na saúde, estão previstos a implantação do novo modelo de gestão hospitalar na Paraíba através da criação da Fundação de Saúde (PB Saúde), convênios com o Hospital Padre Zé, Napoleão Laureano e Fap, ampliação da Rede Cuidar direcionada à saúde da mulher, conclusão do programa Opera Paraíba e a implantação da Escola de Saúde Pública, totalizando investimentos de R$ 147,7 milhões.

João Azevêdo ainda assegurou a compra de novos equipamentos para rede hospitalar e a reforma do Hemocentro, com a implantação de uma oficina ortopédica.

Outros setores

O governo também pretende aplicados R$ 20 milhões na gestão de trânsito, por meio de implantação de novas Ciretrans nos municípios de Sousa, Catolé do Rocha, Santa Rita/Bayeux, Cabedelo e Monteiro, acesso a Ciretran de Cajazeiras e reformas das Ciretrans de Araruna, Campina Grande, Conceição, Guarabira, Itaporanga e João Pessoa (sede e Valentina).

Estão previstos ainda nvestimentos de R$ 42,8 milhões na administração penitenciária, com a construção de mais um pavilhão e do Centro de Saúde no presídio Sílvio Porto, reforma do presídio Flósculo da Nóbrega, em João Pessoa, e Raimundo Asfora, em Campina Grande, construção do novo presídio em Gurinhém e ampliação de ações de ressocialização com a instalação de unidades de produção industrial dentro dos presídios.

No segmento do Desenvolvimento Humano, a gestão estadual irá ampliar o cartão alimentação, o número de restaurantes populares e manterá os convênios para assistência com as entidades sem fins lucrativos e o abono natalino, assegurando investimentos de R$139 milhões.

Nov0 slogan

O governo do Estado começa a exibir, a partir desta segunda-feira (6), a sua nova marca.

Sai o “Segue o Trabalho”, que inicialmente fez referência a continuidade do “projeto” liderado pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), agora ex-aliado do governador João Azevêdo, entra o slogan “Somos todos Paraíba”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.