Política

Governo Federal expulsa 110 servidores na Paraíba em 16 anos

Corrupção, acumulação de cargos e faltas motivam demissões de funcionários.




Foto: Kleide Teixeira

Com mais dois “cartões vermelhos” neste primeiro deste ano, subiu para 110 o número de servidores, na Paraíba, que foram expulsos de órgãos e autarquias do Governo Federal, entre de 2003 e março de 2018, sendo o quinto no ranking do Nordeste. No Brasil, foram 6.857 expulsões no período. Os dados foram publicados pelo Ministério da Transparência (CGU).

As demissões ocorreram por atividades contrárias à Lei nº 8.112/1990 (Regime Jurídico dos Servidores). O principal motivo das expulsões foi a prática de atos relacionados à corrupção. Já o abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação ilícita de cargos são fundamentos que vêm em seguida, com 44 dos casos. As outras razões que mais afastaram servidores são proceder de forma desidiosa (negligência) e a participação em gerência ou administração de sociedade privada.

Corrupção

Entre os atos relacionados à corrupção estão: valimento do cargo para lograr proveito pessoal; recebimento de propina ou vantagens indevidas; utilização de recursos materiais da repartição em serviços ou atividades particulares; improbidade administrativa; lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio nacional.

Quase 7 mil expulsos

Desde 2003, o Governo Federal já expulsou 6.857 servidores no país apís. Desses, 5.715 foram demitidos; 568 tiveram a aposentadoria cassada; e 574 foram afastados de suas funções comissionadas. Nos últimos 16 anos, as unidades federativas com mais punidos foram Rio de Janeiro (1.241), Distrito Federal (804) e São Paulo (745). As pastas com a maior quantidade de expulsões foram o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) – que absorveu o INSS; seguido pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério da Justiça (MJ).

Nordeste

Os demitidos, na Paraíba, representam 2,39% do quadro de servidores federais da ativa no Estado, no total de 16.202. No Nordeste, a Paraíba é o quinto com maior número de demitidos. Na região, Pernambuco, lidera o ranking das demissões com 252.

Veja abaixo:

Pernambuco (242)
Bahia (248)
Ceará (215)
Maranhão (196)
Paraíba (110)
Rio Grande do Norte (103)
Alagoas (84)
Sergipe (62)
PI (50)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.