Política

Governo confirma para 2ª posse de Franklin Araújo na Cagepa

Secretário de Planejamento do Estado vai acumular a função de presidente da Cagepa. Enquanto isto, continua o silêncio do ex-presidente Ricardo Leal.




Da Redação
Com informações da Secom-PB

O secretário de Planejamento e Gestão do Estado da Paraíba, Franklin Araújo, toma posse na presidência da Cagepa na próxima segunda-feira (21), às 10h, em substituição ao antigo presidente Ricardo Leal, cuja saída foi anunciada em primeira mão pelo Paraíba1 na última quarta-feira (confira aqui a matéria na íntegra). A confirmação da posse de Franklin, que passa a acumular as duas funções, foi anunciada no início da tarde desta sexta-feira (18) pela Secretaria de Comunicação do Estado.

Franklin Araújo é engenheiro dos quadros da Chesf e já assumiu a diretoria técnica da Celb na primeira gestão de Cássio Cunha Lima em Campina Grande (1988 a 1992). Depois, foi nomeado presidente da empresa energética e também respondeu pela Secretaria de Planejamento campinense, na terceira gestão de Cássio naquela cidade.

O secretário de Planejamento já presidiu também a PBGás, quando ampliou o gasoduto da grande João Pessoa e quando instalou o gasoduto de Campina Grande. Ele foi responsável também por estudos para consolidação da nova alternativa energética no brejo e no sertão paraibano.

No âmbito da Secretaria de Planejamento, conduziu em 2007 a elaboração simultânea do Plano Plurianual e do Plano Estratégico Paraíba 2020, uma proposta de desenvolvimento de longo prazo organizado pelo Governo Cássio.

Silêncio – Enquanto o Governo do Estado confirma a posse do novo presidente da Cagepa, continua o silêncio em torno do ex-presidente Ricardo Leal. Desde que foi confirmada sua saída da presidência da empresa, o Paraíba1 tenta entrar em contato com Ricardo para que ele explique os motivos e dê sua versão aos fatos. Mas até agora ele se nega a receber à imprensa para qualquer declaração oficial.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.