Política

Governo afirma que vai ‘endurecer’ com base aliada

Secretário-executivo do governo,  Lúcio Flávio, disse que Ricardo Coutinho não aceitou derrota.




O governador Ricardo Coutinho (PSB) ainda não aceitou a derrota sofrida na última quarta-feira (14), quando, por 17 votos a 16, viu derrubada, na Assembleia Legislativa da Paraíba, a Medida Provisória 183, que criava a Secretaria de Estado da Fazenda.

Em resposta ao gesto dos parlamentares, o secretário-executivo do governo, Lúcio Flávio, afirmou que o governador vai "endurecer" o discurso com os deputados que compõem a base aliada na Casa Epitácio Pessoa. “Vamos fazer um acompanhamento de perto da base. É preciso que os deputados tenham clareza e decidam se pertencem à situação ou à oposição”.

As conversas devem ser conduzidas pelo líder do governo na AL, deputado Hervázio Bezerra (PSDB), a quem o secretário atribui um "excelente trabalho" e, por isso mesmo, não estaria ameaçado na posição. “Não há nenhuma possibilidade de afastamento de Hervázio. O que vamos fazer é abrir o diálogo, chamar os deputados da base e os que se dizem independentes para conversar”, garantiu Lúcio Flávio. O receio é que novas derrotas sejam delineadas no Legislativo a partir da indefinição de alguns parlamentares.

Já o vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), ontem, foi mais ameno: “A gente tem respeitado as decisões da Assembleia. O Poder Legislativo é autônomo e precisa votar de acordo com seu entendimento”, disse. Rômulo declarou ter estranhado o gesto dos aliados por se tratar de “uma ação administrativa” relacionada às contenções de custo do governo, mas que “terá que respeitar o Poder Legislativo mesmo sem concordar com a decisão”.

Apesar do discurso do vice-governador, o secretário-executivo do governo informou que já está sendo estudado o remédio jurídico para a derrota na Assembleia. Lúcio Flávio explicou que o governador está conversando com o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, para saber qual medida a ser adotada no sentido de suspender a decisão dos deputados. “Vamos batalhar em todas as instâncias”, avisou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.