Política

Geusa convoca eleição para a Mesa Diretora da Câmara de Cabedelo

Votação para o biênio 2019-2010 será realizada às 18 horas, deste domingo (30).




Mais um capítulo da tumultuada sucessão no comando da Câmara Municipal de Vereadores de Cabedelo. A presidente da Casa, Geusa Ribeiro (PRP), publicou edital, convocando os vereadores para uma sessão extraordinária neste domingo (30), às 18 horas. Pauta: eleição suplementar para a Mesa Diretora no segundo biênio (2019-2020).

De acordo com o edital, o registro da chapa completa de candidatos será recebida pela Presidenta da Câmara Municipal, no intervaldo de 15 minutos, depois de declarada aberta a sessão extraordinária. A chapa deverá ser apresentada, contendo os nomes dos vereadores indicados para os cargos de presidente, 1º vice-presidente, 1º secretário e 2º secretário.

A convocação para eleição complementar ocorrer depois que o prefeito interino da cidade, Vitor Hugo (PRB), ter oficializado a Geusa o pedido para entrega da chave da sede do Poder Legislativo para ele ser empossado como residente da Câmara e, por conseguinte, permanecer à frente da Prefeitura de Cabedelo.

Por sua vez, Geusa lembra que Vitor Hugo já está eleito na próxima a Mesa Diretora , no próximo biênio, como segundo vice-presidente.

Prisão de vereadores

A polêmica começou com a prisão dos vereadores eleitos para o primeiro biênio da Mesa Diretora da Câmara, durante a Operação Xeque Mate, do Ministério Público Estadual e Polícia Federal. Diante da vacância de todos os cargos, aconteceu a eleição para eleger uma Mesa Diretora para concluir o biênio. Vitor Hugo foi eleito presidente e Geusa Ribeiro vice-presidente.

Todavia, Vitor Hugo assumiu a Prefeitura porque o prefeito Leto Viana foi preso também na Xeque Mate. O vice-prefeito, Flávio Oliveira (PRP), foi afastado e depois faleceu. Em seguida, Geusa Rineiro assumiu como presidente da Câmara.

Vitor Hugo fora eleito como 2º vice-presidente da Câmara em eleição antecipada da Mesa Diretora. Todavia, ele foi o único a não ser preso, na Operação Xeque Mate. Neste cenário, ele quer ser empossado na Presidência da Câmara automaticamente.

Por outro lado, Geusa contesta a tese e alega que é preciso realizar a eleição suplementar e eleger parlamentares para os cargos vagos, ou seja, presidente, vice-presidente, primeiro e segundo secretários. Por isso, ele convocou as eleições para este domingo.

Veja o Ato e-Edital de Convocação da Eleição da Câmara de Cabedelo (1)

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.