Política

Gestão de Jota Júnior tem 76% de rejeição

Para 76% dos eleitores de Bayeux, a gestão do atual prefeito Jota Júnior não é boa.



Francisco França
Francisco França
Maiores índices de rejeição do prefeito, estão entre os eleitores do sexo masculino.

Na avaliação de 76% dos eleitores ouvidos pela pesquisa Ipespe, o prefeito de Bayeux, Jota Júnior, não faz uma boa gestão. Os maiores índices de rejeição são dos eleitores do sexo masculino (80%) e nos grupos dos que têm entre 25 e 44 anos (80%), ensino médio (79%) e com renda familiar mensal superior a cinco salários mínimos (89%).

O percentual dos que aprovam a gestão de Jota Júnior é de 6%, com destaque para os eleitores do sexo feminino (9%), com mais de 45 anos (8%), com ensino superior (10%) e com renda familiar mensal de dois a cinco salários mínimos (8%). Os eleitores que consideram regular representam 15%, enquanto 2% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

Na eleição de 2012, Jota Júnior está apoiando o seu sobrinho, Jonathas Souza, que está em último lugar na pesquisa Ipespe.

Jota venceu as eleições de 2004 e 2008, enfrentando os candidatos que hoje lideram as pesquisas em Bayeux, Expedito Pereira e Sara Cabral.

A cidade de Bayeux tem como principal problema a saúde, segundo a opinião de 77% dos eleitores entrevistados pelo Ipespe. Em seguida vem a segurança pública (36%), educação (34%), saneamento básico (31%), calçamento (29%), emprego (27%), limpeza pública (15%) e drogas (12%), dentre outros.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.