Política

Freire garante que fusão não muda posição do PPS na Paraíba

União com o PMN e criação de novo partido não muda posição politica da legenda na Paraíba, diz presidente nacional do PPS Roberto Freire.




O deputado federal Roberto Freire, presidente nacional do Partido Popular Socialista (PPS), garantiu que a legenda não deverá mudar o posicionamento político na Paraíba após a fusão com o Partido da Mobilização Nacional (PMN). A união para a criação de um novo partido já foi aprovada pela executiva nacional do PPS e será avaliada hoje pelo PMN durante convenção em Brasília. A fusão será oficializada amanhã com o anúncio do nome e número da legenda.

A fusão tem o objetivo de fortalecer a oposição à presidente Dilma Rousseff (PT), visando as eleições de 2014. Na Paraíba, o PPS integra a base aliada do governador Ricardo Coutinho (PSB), na Assembleia Legislativa da Paraíba, com a deputada Gilma Germano, e participa da gestão do prefeito Luciano Cartaxo em João Pessoa, com o vice-prefeito Nonato Bandeira. Após confirmada a união, o novo partido terá 14 deputados federais, sendo 11 do PPS e três do PMN.

Apesar da aliança com o PT na capital, Freire acredita que a união com o PMN não vai provocar alterações à composição política já construída pelo PPS no Estado. “O PPS não mudou sua posição com a aliança em João Pessoa e se manteve na oposição ao PT e assim será. Também não vamos mudar nossa posição por causa da fusão. Estar junto com o PT (em João Pessoa) não interfere”, ponderou Freire, que é deputado federal por Pernambuco.

Para o presidente nacional do PPS, ainda é cedo para discutir as questões regionais, como aliança e formação dos diretórios estaduais do partido que surgirá após a fusão. “Agora estou muito envolvido em resolver a fusão nacional. Se a gente for parar para discutir questões locais, teremos 6 mil problemas para resolver, pelo menos um em cada município. Esse é o caso da Paraíba, não é o momento de discutir isso agora”, avaliou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.