Política

DER suspende licitação dos terminais rodoviarios

A suspensão aconteceu após protestos do Movimento Passe Livre.




o Departamento Estadual de Estradas de Rodagens da Paraíba (DER-PB) suspendeu na manhã desta segunda-feira (29) o processo de licitação para concessão dos terminais rodoviários de João Pessoa e Campina Grande. A suspensão aconteceu após um protesto do Movimento Passe Livre. Um dos integrante do grupo rasgou a proposta de uma empresa participante da concorrência.

Segundo Carlos Pereira, os integrantes do Movimento inicialmente pediram para que a licitação não fosse realizada, o que foi negado. O superintendente afirmou que foi autorizado que eles acompanhassem a sessão, no entanto, quando a licitação foi aberta um dos manifestantes pegou a proposta de uma das empresas e rasgou. “O documento ainda não era público, era um documento privado e com isso houve a quebra do sigilo que é um dos princípios que devem ser seguidos na licitação”, disse.

Carlos disse que a Comissão de Licitação vai se reunir e marcar uma nova data para retomar o processo. Ainda de acordo com o superintendente, não houve tumulto durante a manifestação, ele tratou a danificação do envelope como um momento de ‘exaltação’. “Licitação é uma concorrência pública, a gente respeita as formalidades legais e nós estamos sujeitos a esse tipo de coisa”, completou.

Cerca de 20 pessoas participaram do movimento “Não concordamos com o processo de licitação sem a mínima transparência, sem que seja discutido com a população. Só hoje é que tivemos acesso ao documento”, afirmou Társio Teixeira. “Amanhã, iremos nos reunir com parlamentares da Assembleia Legislativa do estado para discutirmos tanto o transporte público, em geral, como a privatização dos terminais rodoviários de João Pessoa e Campina Grande”, completou.

A administração dos terminais rodoviários de João Pessoa e Campina Grande será cedida pelo DER durante 15 anos. “Isso não é privatização é outorga de concessão prevista na lei de licitações. Já foi feita em vários lugares com êxito. O objetivo é melhorar o serviço”, ressaltou Carlos Pereira.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.