Política

Deputados faltam única sessão e AL não tem votação

Sessão na Assembléia Legislativa não atinge quórum mínimo e ordem do dia não é votada, desrespeitando acordo de líderes para concentrar trabalhos nas quartas.




Phelipe Caldas

Os deputados estaduais paraibanos desrespeitaram nesta quarta-feira (23) o acordo de líderes feito para disciplinar o funcionamento da Assembléia Legislativa durante o período eleitoral. O acordo era que as votações ficassem resumidas às quartas-feiras, mas no momento de dar início à ordem do dia não existia o quórum mínimo exigido de 18 parlamentares em plenário.

O cancelamento da votação da ordem do dia, inclusive, provocou um início de desentendimento entre o deputado João Henrique (que no momento presidia a sessão e fez a contagem do quórum) e o deputado Guilherme Almeida (PSB).

Ao fazer a contagem de quórum, Henrique disse que existia no plenário apenas 15 deputados, o que impedia a realização de votações. Mas Guilherme se irritou, e disse que em suas contas estavam presentes 20 parlamentares. Após um início de bate-boca, prevaleceu a decisão do presidente da sessão, e a oposição acusou a bancada de situação de querer barrar as votações.

Por este motivo, a sessão desta quarta-feira ficou resumida a debates entre os deputados, e em pelo menos dois momentos as discussões ficaram resumidas à questões municipais.

Inicialmente os deputados João Gonçalves (PSDB) e Aníbal Marcolino (PDT) se revesaram a criticar o prefeito pessoense Ricardo Coutinho, e em um momento posterior os parlamentares João Henrique (DEM) e Carlos Batinga (PSB) bateram boca por causa de questões eleitorais em Monteiro.

Como o presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Arthur Cunha Lima (PSDB), tinha dito anteriormente que iria exigir a presença dos parlamentares em plenário nas quartas-feiras, a reportagem do Paraíba1 tentou entrar em contato com o deputado para saber quais seriam suas providências.

Mas o deputado, que por sinal não compareceu à sessão desta tarde, não atendeu às chamadas telefônicas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.