Política

Deputados estaduais garantem votação para aliados em ‘currais’

Mesmo fora da disputa direta nas eleições municipais, deputados mantém o domínio sobre eleitorado e garantem transferência importante de votos aos candidatos.




Eles dominam o cenário político local e aproveitam a influência e prestígio que possuem nas regiões do Estado para transferir votos para os pré-candidatos que apoiam e em alguns casos para se lançar na disputa por prefeituras. Com o resultado alcançado nas eleições de 2014, os deputados estaduais se consideram os ‘donos do pedaço’ em alguns municípios e este ano reforçam a presença para proteger seus redutos eleitorais de possíveis ‘invasores’.  

Com base no resultado das urnas, Estela Bezerra (PSB) domina o cenário político em João Pessoa. Na capital, ela obteve 23.513 votos, enquanto o segundo mais votado, João Gonçalves (PSD), ficou com 13.745 votos. A popularidade de Gonçalves inclusive tem rendido especulações quanto ao lançamento do seu nome para candidato a vice-prefeito da capital.
 
Em Campina Grande, a disputa é acirrada. Quatro deputados estaduais tiveram votação expressiva no município, porém Tovar Correia Lima (PSDB) saiu na frente, com 17.799 mil votos, seguido de perto por Daniella Ribeiro (PP), que obteve 17.280 votos. O deputado chegou a admitir a possibilidade de se candidatar a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo atual prefeito, Romero Rodrigues (PSDB). Por sua vez, Daniella Ribeiro ainda não anunciou pré-candidatura à prefeitura de Campina Grande, mas seu nome está entre os cotados para a disputa de outubro.
 
Nos outros municípios do interior, o domínio dos parlamentares é ainda mais evidente. Em Bananeiras, a influência exercida por Hervázio Bezerra (PSB) pode ser decisiva para o resultado das eleições. No processo eleitoral de 2014, Bezerra obteve 3.142 votos no município, quase sete vezes mais que o resultado obtido nas eleições de 2010, desbancando o deputado Ricardo Marcelo (sem partido) e Tião Gomes (PSL), figuras políticas tradicionalmente bem votadas na cidade.
 
Em 2010, Ricardo Marcelo foi o candidato com mais votos em Bananeiras (2.866), enquanto Tião Gomes conquistou os votos de 2.439 eleitores. Apesar das especulações de que pode entrar na disputa pela prefeitura, Bezerra garante apoio à candidatura do atual prefeito Douglas Lucena (PSB). Em lado oposto está Tião Gomes, que defende o nome do atual vice-prefeito, Matheus Bezerra (PMDB) para prefeito de Bananeiras.
 
ASSEMBLEIA
 
Entre os parlamentares, o município de Pocinhos é a região dominada pelo presidente da Assembleia, Adriano Galdino (PSB), que foi prefeito da cidade três vezes e agora, na presidência do Legislativo, faz frequentes visitas ao seu reduto eleitoral e, inclusive, leva para a cidade as atividades da Assembleia.
Após fracassar na tentativa de emplacar a reeleição do irmão, Arthur Galdino, em 2012, o presidente da Assembleia pretende lançar sua esposa, Eliane Galdino, na disputa de outubro. Para vencer o atual prefeito, Cláudio Chaves (PMN), ele aposta em sua influência e nos votos conquistados em 2014 no município. Foram 4.122, quase 85% a mais que o segundo candidato mais votado, Doda de Tião (PTB).
 
Se em Pocinhos, Doda de Tião ficou na vice-liderança, resultado melhor foi alcançado no município de Queimadas. Com 10.122 votos no município, ele deixou para trás Manoel Ludgério (PSD), que teve 7.468 votos. A disputa entre os dois promete ser ainda maior nas eleições municipais. Doda de Tião vai tentar transferir os votos que conquistou para o irmão, Carlinhos de Tião, pré-candidato a prefeito, enquanto Ludgério apoia o atual prefeito, Jacó Maciel.
 
Diferente dos parlamentares anteriores, Zé Paulo (PCdoB) não pretende utilizar sua influência no município de Santa Rita em benefício de terceiros. Com o bom desempenho alcançado nas urnas (foram 18.262 votos só no município), o parlamentar pretende agora alçar voos mais altos e já anunciou sua pré-candidatura a prefeito. Zé Paulo chegou a obter 72% de sua votação total no município.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.