Política

Defesa critica punição

Para Marcelo Leonardo, advogado do empresário, há espaço para os próprios ministros diminuírem o tamanho da pena.




Após a definição de penas que somam mais de 40 anos pelos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), a defesa do empresário Marcos Valério classificou ainda, ontem, o resultado de "absurdo" e afirmou que não considera essa punição como plenamente definitiva.

Para Marcelo Leonardo, advogado do empresário, há espaço para os próprios ministros diminuírem o tamanho da pena.

"O que está proposto é, sem dúvida, absurdo e desarrazoado. Se você tem como pena máxima a ser cumprida no Brasil 30 anos, a proposta de fixação em mais de 40 anos é absurda", disse o advogado de Marcos Valério.

MUDANÇA
Na avaliação de Marcelo Leonardo, os ministros devem reavaliar o uso de um dos líderes do esquema utilizado pelo relator Joaquim Barbosa.

"Barbosa aplicou esse aumento em todas as vezes em que fixou pena, e isso importou em repetição da mesma agravante, o que acabou aumentando, e muito, a pena", afirmou.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.