Política

Colunista Cláudio Humberto comenta relação de Pagotto com Caso FAC

Expectativa dos advogados de acusação é de que o mérito da questão possa ser julgado rapidamente. Os de defesa dizem que há muitos vícios e que a matéria vem do TRE com muitas preliminares.




Da Redação

O colunista Cláudio Humberto publicou em sua coluna nacional neste domingo (16) nota sobre a participação do arcebispo de João Pessoa, Dom Aldo Pagotto, no processo de cassação do governador Cássio Cunha Lima (PSDB) que deve ser julgado esta semana no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na nota, o colunista chama a atenção para o fato de que o religioso é testemunha de defesa processo que cassou o governador no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e que ficou conhecido como o Caso FAC, que julgou o uso de milhares de cheques em período eleitoral. Dom Aldo é do conselho de notáveis que fixou critérios para distribuir cheques a micro-empreendedores.

O ministro Eros Grau, do TSE, pediu pauta para o processo, que deve ser julgado já na sessão da próxima quinta-feira. A expectativa dos advogados de acusação é de que o mérito da questão possa ser julgado rapidamente. Os de defesa dizem que há muitos vícios e que a matéria vem do TRE com muitas preliminares.

A coluna de Claudio Humberto pode ser lida na edição de domingo do Jornal da Paraíba o na internet clicando aqui.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.